Resumo da novela A Escrava Isaura

Capítulo de 20 de fevereiro (Quinta) da novela A Escrava Isaura

Tomásia pergunta a Belchior quem atirou no Conde. Malvina pressiona Leôncio para que lhe conte sobre o local onde está Isaura. Isaura e Miguel contam toda a verdade sobre eles para Álvaro e Perpétua. Henrique se despede de seu pai para voltar ao garimpo. Cel. Sebastião diz a Rosa que dará sua liberdade quando ele morrer. Rosa toma café com seu pai que corrige a toda hora seus erros de português. Álvaro diz a Isaura que vai lhe proteger enquanto viver. Malvina proíbe Francisco de contar a Leôncio sobre a mensagem do telégrafo sobre o paradeiro de Isaura. Belchior conta a Tomásia o que se passa na fazenda de Leôncio. Tomásia pergunta a Belchior quem atirou no Conde. Miguel sugere que eles fujam. Isaura diz que não vai fugir, pois trairia Álvaro. Cel. Sebastião ensina Rosa como se portar na mesa. Leôncio vê Malvina queimando a mensagem sobre Isaura. Álvaro escreve uma carta para Leôncio pedindo que estipule um preço pela liberdade de Isaura. Branca e Estela se revoltam com Geraldo. Ambas não concordam com a ajuda dele a Isaura. Miguel pede para que Isaura e Pedrinho fiquem dentro de casa, pois os capangas estão por perto. Leôncio manda uma mensagem para Martinho. Francisco avisa Leôncio que Tomásia fará um jantar. Leôncio planeja outra vingança para ela. Rosa quer se casar com o Dr. Paulo. Miguel vai até os capangas pedir para que eles vão embora, mas eles negam.