Resumo da novela Chiquititas - Edição Especial

Capítulo de 30 de junho (Terça) da novela Chiquititas - Edição Especial

O cozinheiro estranha a aparência do doce, diz que não é o bolo que preparou e Ernestina diz: “tomara que o gosto esteja melhor que a aparência”. Carmen diz que esse não parece o bolo da família Almeida Campos e reclama com Chico: “Que brincadeira de mau gosto”. Discretamente, Sofia questiona se as meninas têm a ver com isso. Mili assume a culpa, mas as demais também se dizem responsáveis pelo ocorrido. Enquanto isso, na rua, dois trombadinhas passam correndo e deixam uma carteira cair no chão. Rafa pega e percebe que é roubada. A polícia aparece e acha que eles são os bandidos. Mosca, Pata, Rafa e Binho fogem e acabam entrando na Café Boutique, que estava quase sendo fechada por Carol e se escondem. A funcionária novata diz que eles não podem ficar lá, mas as crianças explicam rapidamente o que está acontecendo. A polícia se aproxima e pergunta se ela viu trombadinhas. No final da apresentação das Chiquititas, Dr. José Ricardo pede desculpa, pois precisa ir embora. As meninas acham que Dr. José Ricardo não gostou da apresentação. Carol diz ao policial que não viu ninguém. As crianças agradecem e explicam com mais calma o ocorrido. Carol pergunta se eles não estão mentindo e Pata responde que eles precisam ir embora. Carol fica preocupada e pergunta se eles têm para onde ir. As crianças mentem e dizem que sim, pois os pais deles já devem estar preocupados. Na mansão dos Almeida Campos, Junior exige uma explicação sobre o estado de saúde de Gabriela para o pai. José Ricardo explica a situação, mas diz que a ida dele pra Londres piorou tudo. Junior fica inconformado e diz que é mentira deles, pois trocou e-mails com a irmã há pouco tempo. Junior diz que não vai ficar quieto enquanto não descobrir quem está por trás de tudo isso. No quarto das meninas, no orfanato, Mili continua a contar a história da princesa e do plebeu. As crianças acabam dormindo e Mili promete terminar na próxima noite. José Ricardo vai até a loja Café Boutique com seu braço direito, Armando (João Gabriel). Os dois falam sobre Junior e os negócios da rede Café Boutique. Carol chega para atendê-los e chama a atenção de Armando. Pata, Mosca, Rafa e Binho mudam de ponto na rua, após um menino chamado Paçoca (Rafael Miguel) expulsá-los de lá com a justificativa de que é uma área comandada por ele. Junior chega no orfanato para falar em particular com a diretora. Junior pergunta o que levou seu pai a manter um orfanato. Sofia diz que ele deve ter sido motivado por assuntos pessoais. Junior está inconformado e não aguenta mais a falta de informação sobre tudo.