Resumo da novela Escrava Mãe

Capítulo de 17 de setembro (Quinta) da novela Escrava Mãe

Tito Pardo procura por Juliana. Almeida está furioso e tenta pegar a carta da boca de Sapião. Almeida procura por Juliana e Esméria diz que ela tentou fugir. Loreto continua a busca por Miguel, que conseguiu fugir. Quintiliano sugere que Guilherme fuja para a corte e Guilherme diz que não é foragido. Beatrice visita Quintiliano. Átila recusa a proposta de emprego de Tomás. Tito Pardo encontra Juliana desmaiada e ferida por uma cobra e grita por Zé Leão. Tia Joaquina e Bá Teixeira conversam sobre a ruindade do coronel Almeida. Beatrice pede desculpas a Quintiliano e avisa que não poderá fazer nada contra a denúncia feita por Almeida. Tito Pardo entra na casa de Tia Joaquina com Juliana nos braços e derrama aguardente no ferimento. Nestor pede a Irani que fique no armazém enquanto ele vai procurar por Belezinha. Almeida revela a Loreto que sabe o paradeiro de Miguel. Loreto, Osório e Almeida vão atrás de Miguel. Nestor observa, tenso. Miguel está na espera, em cima do cavalo, no canto da estrada. Ele avista Belezinha. Miguel percebe que o recado não foi dado a Juliana e diz a Belezinha que precisam sair dali pois correm perigo. Urraca visita Teresa. Osório corre pela mata. Almeida encurrala Miguel. Belezinha corre e se depara com Osório. Miguel continua correndo a cavalo e Loreto atira em sua direção. Belezinha aproveita a distração do tiro e acerta Osório com um galho e foge. Outro tiro dos soldados atingem Miguel no ombro mas ela não para de correr. Dr. Pacheco cuida de Juliana. Miguel é atingido novamente, cai do cavalo e rola numa ribanceira. Tomás procura por Violeta e Rosalinda diz que Violeta está muito ocupada. Violeta está chocada com as revelações de Rosalinda sobre a esposa do Quintiliano que o traiu com um escravo.