Resumo da novela Bela a Feia

Capítulo de 20 de março (Quarta) da novela Bela a Feia

Rodrigo fica perplexo diante da notícia de que Olga fugiu do hospital. Ele não entende por que ela fez isso. Hortência e Bela contam para Luzia que vão visitar Vera mais tarde. Luzia diz que Rodrigo também tinha que visitar a mãe e Bela fica triste ao dizer que ele está muito grudado em Cíntia. Verônica conta para o advogado de Ricardo que Vera já matou um homem. Com isso, ele promete fazer tudo que o que puder para incriminá-la. Ele diz que pode usar o fato do abandono do filho a favor de Ricardo. Dinorá, Guto e Mariana fofocam sobre quem seria o verdadeiro culpado: Ricardo ou Vera. Nelson faz bolão do “tiro do Ricardão”. Luzia diz acreditar que Ricardo tinha a intensão de matar Vera. Todos ficam surpresos e o burburinho aumenta. Adriano pressiona Diogo para que ele não tente medir forças com Verônica. Os dois batem boca, mas Diogo não dá a mínima para a chantagem do rival. Cíntia conta para Ariosto e Vanda que vai fazer o exame de DNA e que Ricardo também quer saber a verdade. Vanda diz que Ricardo é o culpado pelo próprio tiro. Cíntia e Ariosto defendem Ricardo e deixam Vanda nervosa. Rodrigo entra em casa desesperado em busca de Olga, que não está lá. Ele fica arrasado por não encontrá-la. Bárbara faz pouco caso de Samantha, que se sente humilhada. Bárbara diz que tem uma secretária e Samantha fica com inveja. Haroldo consola Clemente, que não para de pensar em Bárbara. Haroldo diz que Bárbara não deve ter recebido as flores com o cartão, porque uma mulher tão educada como ela iria agradecer. Clemente acredita nas palavras do irmão e liga para Bárbara, que não atende. Clemente deixa um recado dizendo que não vai desistir dela. Elvira escuta a conversa e promete desmascarar Ataulfo. Vanda pressiona Diego para que ele defenda Vera. No entanto, Diego conta que já deu seu depoimento e que não é uma testemunha importante por não ter visto quem atirou. Vanda fica contrariada. Verônica visita Ricardo no hospital novamente. Ricardo revela a Verônica que a arma era sua, mas que não estava registrada em seu nome. Elvira fica se gabando com o projeto de “personal” manicure. Magdalena ameaça contar tudo para Haroldo. As duas discutem, ignorando o alerta de Ícaro. Bela fica perplexa diante ao saber que Olga fugiu do hospital. Bela pergunta se Rodrigo quer visitar Vera. Ele diz que tem que apoiar Cíntia. Bela diz que Rodrigo é que precisa de apoio. Rodrigo tenta se explicar, mas Bela diz que ele está certo por apoiar a noiva. Bela sai triste e Rodrigo a abraça. Diogo apoia Cíntia a fazer o exame de DNA. Max encontra Juliana no calçadão e pergunta se a ex está namorando.Ela confirma. Juliana diz que Matheus é o namorado dos sonhos de qualquer menina. Max fica enciumado. Vanda visita Ricardo, que fica contrariado. Ela diz que nunca aceitou a ideia de Vera ter sumido e que sempre soube que ele era culpado. Os dois discutem até que Vanda é levada para fora à força. Ricardo se sente vitorioso. Verônica avisa a Diego, que se ele ficar ao lado do Ricardo terá muitos benefícios. Ele se sente pressionado e confirma que defenderá o patrão. Vanda conta para Ariosto e Cíntia que visitou Ricardo e foi expulsa do hospital. Ariosto fica indignado e Cíntia defende o pai. Vanda fica furiosa por ser criticada pela família. Hortência e Bela dizem que Vera terá que se proteger para não ser derrotada por Ricardo. Bela conta que Olga fugiu do hospital. Vera fica surpresa e consola Bela, que está triste porque Rodrigo está próximo de Cíntia. Rodrigo apoia Cíntia a fazer o exame de DNA. Juliana conta para Luddy como foi seu encontro com Max. Guto discute com Bárbara por causa de Vanda. Bárbara zomba do filho e o manda investir em Cíntia, que será herdeira de Ricardo.Guto fica chocado com o interesse da mãe. Natália percebe Max estranho e tenta descobrir se ele está com ciúmes de Juliana. Ele nega, mas ela desconfia. Vera liga para Rodrigo para dar suporte ao filho, já que Olga fugiu. Rodrigo chora e Vera o conforta. Verônica conta para Dinho que Ricardo levou a arma que o atingiu. Ela conta que a arma não está no nome de Ricardo e que o ideal seria que a arma estivesse registrada no nome de Vera. Dinho diz que pode fazer um registro falso e Verônica fica chocada.