Resumo da novela O Rico e Lázaro

Capítulo de 11 de setembro (Quarta) da novela O Rico e Lázaro

Asher ameaça Fassur. Oziel avisa sobre a morte do falso profeta Hananias. Hurzabum implora pela vida de Shag-shag. Sammu-Ramat intervém e Amitis manda liberta-la. Dinah diz estar se sentindo melhor. Arioque expulsa Shag-Shag do palácio. Hurzabum agradece a ajuda de Sammu. Alguns dias se passam e Asher segue para o ofício na fábrica de armas de Chaim. O exército babilônico começa a se movimentar. Os guardas hebreus tocam as trombetas. Asher avisa que os inimigos voltaram. Dois anos se passam e Jerusalém sofre com o cerco dos guerreiros babilônicos. Asher e Joana observam o sofrimento do povo. Nebuzaradã recebe uma mensagem do rei ordenando o ataque aos hebreus. Zedequias diz não precisar do Egito na guerra contra a Babilônia. Nabucodonosor avisa que Evil-Merodaque deverá se casar. O príncipe discorda do desejo do pai. Neusta implica com Edissa. Jeremias permanece preso a uma gaiola. Nabucodonosor diz que o filho será obrigado a se casar. Zac e Zelfa falam sobre a falta de fé do povo hebreu. Daniel reclama da maneira como Larsa trata os escravos. Amitis se incomoda por ter que ouvir a música tocada por Belsazar. Sammu-Ramat é gentil com a rainha. Fassur encontra Zedequias e avisa que Jeremias precisa morrer. Hurzabum ensina Belsazar a tocar flauta. Sammu-Ramat pede para o músico se tornar seu cúmplice. Asher e Joana amparam Jeremias. Nabucodonosor diz que Jerusalém será destruída. Ravina diz que é preciso ter fé em Deus. Daniel procura Beroso e critica a maneira como os cativos são tratados. Chaim trata os familiares com violência e Zac se retira de casa. Neusta flagra Joaquim abraçando Edissa. No meio da noite, Fassur tira Jeremias do poço. Ebede-Meleque observa o profeta sendo levado para outro local. Jeremias é jogado dentro de um poço.