Resumo da novela Cúmplices de Um Resgate

Capítulo de 11 de setembro (Quarta) da novela Cúmplices de Um Resgate

Os três amigos ligam do orelhão para Clara. A mulher chora ao falar com as crianças. O casal avisa Fiorina e Giuseppe, que comemoram. Todos vão buscar as crianças. Joaquim está irritado com as fotos que viu de Manuela. Priscila e Safira discutem. Meire e Dinho estão desesperados por estarem perdidos na mata. Navarro e Vargas escutam os pedidos de socorro de Meire. Fortunato expulsa Safira de casa. Os guardas aparecem sem roupas e Meire pede ajuda para eles, que explicam que ladrões roubaram suas roupas. Téo, Mateus e Dóris reencontram os pais. Meire e Dinho saem da mata. Manuela pede para Ofélio procurar Tumtum antes que Regina mate o rato. Um Lobisomem aparece na mata e assusta Isabela e os irmãos Vaz, que estão em uma barraca. Felipe joga a mala pra fora da barraca para o lobisomem. Rebeca canta na sorveteria para recepcionar as crianças. Otávio chega ao vilarejo. Ofélio deixa a porta da passagem secreta aberta. Regina descobre a passagem por onde Isabela entrava na mansão: “Ela enganou a gente o tempo todo”, diz. A mulher fica enfurecida e briga com Manuela, que jura que não sabia de nada. Otávio dorme pela primeira vez na casa de Rebeca, mas no sofá. As crianças decidem caçar a própria comida. Rebeca faz massagem em Otávio, está com dor nas costas por dormir no sofá. Priscila fica triste que Fortunato proibiu sua mãe de ir até lá.