Resumo da novela A Que Não Podia Amar

Capítulo de 11 de setembro (Quarta) da novela A Que Não Podia Amar

Os dois discutem e Gustavo diz que precisam repensar o casamento pois são totalmente diferentes. Rogério volta para a fazenda. Maria pergunta a Cinthia quem é o pai de seu filho. Furiosa, ela diz a Maria que não é ninguém para julgá. Rogério defende Maria e diz à irmã que ela é fruto de um estupro. Cinthia fica histérica e Rogério lhe dá uma bofetada. Gustavo sai em defesa de Cinthia e diz a Rogério que não vai permitir que agrida uma mulher grávida. Maria recrimina Rogério por ter contado a verdade para sua filha. Maria, emocionada, diz a Cinthia que por ela jamais teria sabido da verdade, mas diz a filha que apesar do que aconteceu, aprendeu a ser feliz vendo-a crescer. Cinthia, fora de sí, responde que preferia não saber que é filha de uma empregada com um estuprador. Rogério diz a Gustavo que ficou feliz por sua cirurgia ter fracassado. O engenheiro critica Rogério por ter contado a Cinthia, a verdade sobre sua origem. Ana Paula diz a Rogério que ele a magoou muito com o que disse a Marquinho e que não pode descontar nela o fracasso de sua cirurgia. Rogério comunica a Ana Paula que vai cancelar o casamento. Vanessa aconselha Cinthia a esquecer tudo de mal que está acontecendo e pense somente em seu casamento e no seu filho. Revoltada ela diz que não pode ser feliz ao lado de um homem que não a ama e um filho que não deseja. Gustavo provoca a fúria de Rogério ao criticá-lo por fazer Ana Paula sofrer. Bruno propõe a Vanessa que se associem nos negócios sem que Rogério fique sabendo. Ela aceita. Cinthia pede a Rogério que seja o padrinho de seu filho e diz que Vanessa será a madrinha. Rogério diz que só aceita se Ana Paula for a madrinha. Cinthia se nega a aceitar Ana Paula como madrinha de seu filho. Ana Paula se declara para Rogério, diz que o ama e que não pode viver sem ele.