Resumo da novela Abismo de Paixão

Capítulo de 18 de novembro (Segunda) da novela Abismo de Paixão

Elisa diz a Damião que é verdade que mentiu, mas o fez porque não suportaria ver seu pai por toda a vida na cadeia. Augusto diz a Lucio que antes de conhecer Kenia não tinha nenhuma motivação para viver, e que ela o fez reviver, sentir que havia sangue em suas veias. Lucio pergunta a Augusto se por Kenia, ele pensava em deixar Carmen. Augusto responde que sim, mas Carmen o implorou por uma oportunidade e ele não pode negá-la. Damião diz a sua mãe que descobriu a exigência que fez a Elisa. Almerinda responde que é verdade, e fará de tudo para afastá-lo de Elisa, pois jamais permitirá que ocorra nada entre eles. Damião alerta que se a mãe fizer algo contra Augusto, pode esquecer que tem um filho. Almerinda responde que não irá afrouxar com as chantagens de Damião. Damião diz a Almerinda que agora entende porque Rogério os abandonou, pois certamente sua vida ao lado dela deveria ser um inferno. Kenia diz a Augusto que já sabe que ele vai se divorciar de Carmen. Augusto diz que Estefânia jurou amá-lo, e mesmo assim o enganou com Rogério.Isso o ensinou a não se arriscar no amor. Elisa vai à casa de Almerinda para lhe garantir que jamais voltará com Damião, assim que ela deixe sua família e ela em paz. Almerinda responde que já os advertiu que não descansará até destruir os Bouvier. Augusto confessa a Gael que se interessou por Kenia como mulher, mas que jamais ocorreu algo mais sério entre eles. Kenia encontra as passagens de avião com destino a Nova Iorque nos nomes de Carmen e Rogério, e assim descobre que a amante de Rogério era Carmen, e não Estefânia. Elisa diz a Dolores que foi ver Almerinda para suplicar lhe que não mande seu pai novamente para a cadeia, mas foi em vão, pois ela a expulsou sem nenhuma consideração. Dolores diz a Horácio que aceita se casar com ele, pois soube por Elisa que ele não seguiu as ordens de Almerinda. Augusto surpreende Horácio e Dolores aos beijos. Dolores explica que eles são namorados. Horácio pede trabalho a Augusto, em troca de pouso e comida, pois Almerinda o expulsou de sua fazenda. Augusto responde que não pode lhe pagar, mas que pode ficar se quiser.