Resumos da novela Belaventura

Belaventura: Capítulo de 21 de maio (Sexta)

 

Na sala do trono, Pietra está chocada diante do que vê. Enrico, Lizabeta, Accalon e Mistral estão desacordados por ali. Pietra toca em Enrico e percebe que ele está respirando. Severo discute com Jacques que insiste em defender Enrico e diz que Páris está do seu lado e questiona de qual lado ele vai ficar. Carmona comenta com Corinto que Páris a viu beijando Tácitus e por isso a expulsou. Pietra finge estar inconsciente e observa a ação de Merlino que tem uma corda nas mãos e se aproxima de Enrico. Pietra surpreende Merlino. Merlino diz que vai deixar o castelo e se tentarem impedir vão se arrepender. Na floresta, Selena e Daros se beijam diante da fogueira. Merlino foge com a ajuda do soldado Balin. Corinto celebra o casamento de Dumas e Tamar e se emociona demais. Páris os declara marido e mulher. Severo fica furioso diante de Cedric e Leocádia ao saber que Brione conseguiu se infiltrar entre os prisioneiros e fugir. Gonzalo e Brione entram na oficina de Joniel. Lucy entra correndo no castelo Belaventura, e se espanta com o que vê. Accalon, Mistral, Lizabeta estão no chão, desacordados, enquanto Jacques está de pé, bem próximo de Enrico e Pietra, também desacordados. Lucy já tira uma adaga de dentro da roupa, nervosa e chama Jacques de traidor e manda se afastar de Pietra.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 20 de maio (Quinta)

 

Enrico está surpreso diante de Páris e Carmona. Mistral também está presente na sala do trono. Páris insiste que Merlino saia do castelo com ele. Pietra discute com Lucy e pede para que sua mãe pare de tirar conclusões precipitadas a respeito de Enrico ao mencionar que Jacques é um infiltrado no castelo. Jacques conversa com Lizabeta sobre as acusações de Lucy. Na masmorra, Cedric pressiona Morgana no objeto de tortura e ela grita de dor. Severo pede que Laurinda prepare uma recepção para o príncipe De Michel, pretendente de Brione. Laurinda vai até o quarto de Brione contar o ocorrido, mas ela não está lá. Selena está escondida na floresta e avista Fernão. Fernão está com Otoniel que está muito fraco. Brione ataca Nodier e coloca um saco de pano em sua cabeça. Os Cavaleiros da Ordem perseguem Brione que larga Nodier e foge. Selena surge por trás de Fernão e o acerta com uma grande pedra na cabeça. Otoniel observa, assustado. Pietra conversa com Enrico e diz que o incômodo de sua mãe é sobre a presença de Jacques no castelo e ainda revela que Lucy concordou em seguir Bartolion. Selena puxa Otoniel, que está assustado. Otoniel não consegue subir no cavalo e Selena que diz vai ter que arrastá-lo. Selena tenta levantá-lo, mas Otoniel a surpreende, puxando-a para o chão e dominando-a. Severo fica surpreso com a visita de Páris no castelo Valedo. Páris se dispõe a Severo que diz para atacar o castelo de Redenção. Severo fica surpreso diante do conde Páris ao ouvir a proposta de atacar o castelo de Redenção. Severo diz que entende sua decepção. Páris diz a Severo que Merlino está vivo e que é o único que pode criar o elixir que pode salvar sua filha Tamar, mas que só o fará caso seja solto, e o rei Enrico se recusa a cumprir sua exigência. Na floresta, Selena ainda está com Otoniel que não a deixa escapar. Eles ouvem os gritos de Fernão. Tamar fica surpresa com o pedido de casamento de Dumas, mas aceita. Leocádia pergunta à Laurinda por Brione que não está em seus aposentos. Leocádia diz a Severo que Brione estava entre os prisioneiros que foram levados por Cedric. Carmona revela à Lizabeta seu envolvimento com Tácitus. Arturo pede para Severo que deixe Brione fugir. Na floresta, Brione ordena que os soldados libertem os prisioneiros. Otoniel está por ali e observa, confuso. Páris termina o noivado com Carmona. Pietra vê dois soldados caído no chão e grita por Enrico. Pietra se assusta ao ver que Enrico está no trono, desacordado ao lado de Mistral, Accalon e Lizabeta, todos caídos.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 19 de maio (Quarta)

 

Enrico está surpreso diante de Lucy e Pietra. Ele se aproxima de Lucy. Enrico mostra a pena para Pietra. Severo diz à Leocádia que Brione não terá escolha e que se casará com alguém que ele escolher. Na masmorra Gonzalo é surrado por Nodier e mais um soldado. Merlino está satisfeito diante de uma farta refeição, sob os olhares de Mistral e Bartolion. Lucy diz a Enrico que pode ajudar salvar Tamar e Pietra se tiver acesso às sementes que guardava. Daros avisa Enrico que Cedric está por perto e que é para Pietra e Lucy se esconderem. Cedric chega. Brione lê o manual da Ordem que pegou de Selena e fica um tanto chocada. Leocádia entra e diz que não devia estar em suas mãos. Leocádia diz que está disposta a ajudar salvar Gonzalo e sua família. Brione encara Leocádia, desconfiada. Lucy diz a Enrico que Pietra não vai mais delirar por um motivo muito simples, que o veneno está na água que está bebendo e que vem da corte. Enrico se surpreende. E que também o mal estava no que ela inalava. Lucy joga o travesseiro de Pietra para Enrico, mas ele não consegue sentir a diferença. Enrico e Pietra ficam surpresos. Enrico leva Pietra e Lucy para o castelo e diz que as levará até Bartolion que acompanhará até Merlino. Pietra diz que antes precisa avisar Dulcinéa que está bem. Lucy fica sozinha e olha em volta. Lucy diz que ali será o palco de sua vingança. É quando Jacques entra e ouve a última frase de Lucy e pergunta quem é ela e de quem quer se vingar.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 18 de maio (Terça)

 

Lucy está desesperada na beira do lago, olhando para o local onde Pietra afundou. Fernão ameaça Morgana caso ela tente enganá-lo sobre o paradeiro de Inês. Selena tenta convencer Nodier para descobrir onde Otoniel está escodido e cuidar da segurança dele. Gregor salva Pietra e emerge do lago com Pietra nos braços, desacordada. Lucy abraça Pietra e Gragor pede que se afaste da princesa. Lucy revela que é mãe de Pietra e Gregor se surpreende. Pietra desperta e chora. Arturo diz a Severo que foi muito bem tratado por Joniel e Tiana como um verdadeiro filho. Severo desfere um soco em Joniel que diz que não vai permitir que roubem seu filho novamente. Lucy sente o cheiro da água que Pietra bebe e joga fora todo o líquido da jarra. Lucy pede à Pietra que não aceite mais bebida que venha da corte. Lucy diz à Pietra que ela vai saber de tudo. Enrico questiona Merlino sobre os resultados dos registros dos experimentos que há anos tem feito. Arturo diz a Severo que não quer que a família de Joniel seja castigada. Lucy conta à Pietra como sobreviveu e que a Ordem Pura a salvou. Enrico não quer ceder e soltar Merlino da masmorra. Accalon orienta que o liberte mas mantenha Merlino no castelo, e que ele seja obrigado a servir à corte. Pietra conversa com Lucy e diz que ela não voltou apenas para busca-la, mas para vingar-se, Lucy rebate e diz que retornou para fazer justiça. É quando Biniek chega de repente e se assusta ao ver Lucy.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 17 de maio (Segunda)

 

Selena encontra Marion no castelo de Valedo e pergunta o que ela está fazendo lá. Selena irritada, está diante de Severo e os dois discutem diante de Leocádia, que só observa. Leocádia diz a Severo que se ele trouxer Selena para o castelo terá problemas em dobro. Enrico e Pietra se abraçam e conversam. Enrico diz que o povo não precisa de um líder como Severo. Enrico diz à Pietra que vai esperar por ela o tempo que for preciso e a beija. Marion está dormindo e acorda ao ouvir a porta rangendo ao abrir. Marion espreguiça e vira, deparando-se com Selena que a ameaça com uma adaga. Selena ameaça Marion e pede que se afaste do castelo ou irá se arrepender. Marion diz que lá é sua casa e que volta quando quiser. Marion tira a adaga da mão de Selena e a encosta em seu próprio rosto. Brione está prepcupada diante de Laurinda que diz ter ouvido que dariam início às perseguições e que logo o castelo estará cheio de pessoas desesperadas. Na taverna Falstaff mal-humorado, quando Fernão chega rapidamente e o pega pela roupa e o derruba. Fernão o obriga a dizer os nomes de quem entregou Inês para a Ordem. Na Vila, Morgana é levada por dois soldados e ao ver Enrico cai de joelhos e pede que não a deixem levar. Morgana revela a Enrico que estão envenenando Pietra. Carmona continua discutindo com Pietra e pede que ela volte ao castelo. Pietra começa a ter a vista curva e disfarça e procura se recompor e pede que Carmona vá embora. Marion arrasta Selena pelos cabelos e a joga no chão. Fernão visita a masmorra e avista Morgana que o encara. Morgana diz a Fernão que uma bela e doce menina não merece ter um pai como ele. Enrico está agitado diante de Accalon, Jacques e Mistral. Ele se levanta do trono e diz que vão organizar as expedições o mais rápido possível. Pietra passeia pelo campo e olha para o lago e, de repente, percebe um ponto brilhante dentro da água, um pouco mais distante. Pietra avista uma espada brilhante, erguida pela mão de alguém. Pietra continua caminhando em direção à mão que segura a espada.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 14 de maio (Sexta)

 

Jacques encara Enrico, enquanto Lizabeta observa, surpresa. Pietra permanece adormecida e Carmona já reage, furiosa. Enrico diz que o momento não é o ideal para falar sobre o assunto. Lizabeta já reage e diz que aceita. Carmona fica inconformada. Pietra desperta com um grito de dor bem forte. Todos se assustam. Falstaff vem de dentro com um baú e mostra a Bartolion. Bartolion abre e se surpreende ao ver alguns saquinhos com sementes, papiros enrolados e pequenos frascos com líquidos. Falstaff fiz que tudo pertencia à Bruxa da Flor. Bartolion questiona Falstaff porque guardou tudo aquilo por tanto tempo. Falstaff responde que ninguém pagaria um alto valor sem saber o que significava. Bartolion diz que pode salvar a vida de Pietra. Fasltaff diz que é pouco e exige muito mais. Jacques se coloca à disposição do príncipe e Enrico diz que o aceita como um colaborador. Carmona furiosa conversa com Tácitus que não consegue ficar entre os irmãos e que não conseguiu ouvir tantos absurdos. Tácitus pede que Carmona descanse e ela esbraveja. Tácitus põe a mão em sua boa, gentilmente, fazendo ela silenciar. Tácitus surpreende Carmona com um beijo e o afasta dizendo que ficou louco. Tácitus pergunta se ela quer que ele se retire e ela o puxa e o beija. Dumas procura por Páris e pede que o ajude com os estudos para encontrar uma solução para Tamar. E que precisa de alguns ingredientes para seus experimentos. Páris aceita. Severo está sentado no trono e se surpreende com a entrada de Biniek. Severo questiona que não o viu na Vila enquanto os homens lutavam pela vitória. Biniek pede a Severo que mostre no mapa um território para que não precisem mais ficar escondidos na floresta. Severo nega. Biniek encara Severo. Biniek ameaça e diz que ele não deveria fazer isso, pois o primeiro mandado para lá seria justamente seu filho, Arturo. Severo se surpreende. Marion pergunta a Fernão se encontrou Arturo. Mario, nervosa, diante de Severo, pede que ele tome alguma atitude para salvar Arturo. Marion pede que ele também faça algo pelos filhos adultos e diz que são príncipes agora e não podem ficar fora do castelo. Severo diz que Jacques não merece sua consideração e que não será seu sucessor e que será deserdado. Mario assustada, diz que ele não pode fazer isso. Selena entra com uma bela veste e duas taças de vinho e pede que Marion se retire. Marion faz que vai sair e parte para cima de Selena, puxando-a pelo cabelo e derrubando-a no chão. As duas rolam no chão, brigando. Severo separa as duas e pede que as duas saiam, pois ele quer ficar sozinho. Bartolion analisa os pergaminhos que estavam no baú e faz alguns experimentos. No dia seguinte, Bartolion encontra com Dumas na Vila. Bartolion pede que tenha cuidado, pois teve a impressão de que estava sendo vigiado. Dumas acredita ser Merlino e Bartolion diz que Merlino está morto. Dumas se surpreende. Bartolion diz que não tem muito tempo para explicar e lhe dá um frasco. Cedric chega por trás e pergunta o que entregou a Dumas. Cedric manda prender Bartolion e Dumas corre de lá. Elia limpa a ferida de Enrico e passa um emplasto. Enrico olha para Pietra que segue imóvel. Accalon diz que vai atrás de Bartolion. Brione, com o arco e flecha nas mãos, com Gonzalo e Joniel caminham pela mata a procura de Arturo. Cedric leva Bartolion até Severo. Soldados levam Dumas até a presença de Enrico. Dumas retira um frasco e entrega para Enrico, que se surpreende.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 13 de maio (Quinta)

 

Enrico está espantado diante de Severo, que tem a espada Redentora em punho. Mistral e Accalon se colocam junto de Enrico, todos com suas espadas em riste, assim como os cavaleiros de Belaventura. Enrico encara Severo, Selena e Cedric e os chama de traidores. Marion pede para Severo a liberte, mas ele ordena que a levem para o castelo de Valedo. Selena diz que pode conduzir a prisioneira. Bartolion desperta. Tácitus liberta Jacques, Brione e Gonzalo. Severo mostra a espada ao povo. Selena diz ao povo que uma aliança com a Ordem Pura devolverá ao reino a tranquilidade que merecem. Accalon orienta Enrico que é melhor recuar e que precisam sair dali. Os guardas partem para cima de Enrico. Selena luta contra os soldados de Belaventura. Severo fica frente a frente com Enrico. Marion entra no castelo de Valedo acorrentada. Enrico vai ser atacado pelas costas por um soldado, mas Brione o acerta com uma flecha. Selena parte para cima de Brione e a desarma, mas Gonzalo se aproxima e a defende. Severo fere Enrico. Pietra sente uma dor muito forte. Enrico está fraco e Severo ordena que ele se ajoelhe. Jacques coloca-se diante de Severo e pede que levem Enrico. Severo encara Jacques e diz que ele agora é o príncipe. Jacques discute com Severo. Jacques sai por onde foi Enrico, Brione encara o pai e também se afasta. Os soldados estendem mais uma vez a bandeira de Valedo na torre. Enrico chega ao castelo, ferido. Enrico diz à Lizabeta venceu e que usurpou o trono. Enrico vai até o quarto e vê Pietra desacordada. Leocádia diz a Severo que está muito orgulhosa dele. Marion entra muito bem vestida e enfeitada com joias. Selena entra e se depara com Marion. Na Vila, Bartolion caminha apressado e vê a sombra de alguém dentro da tenda. É Morgana que se assusta com a chegada dele. Bartolion pede ajuda à Morgana para identificar um frasco com o liquído. Bartolion agradece as poucas informações e já sai. Mario questiona sobre Selena que senta no trono. Severo ordena que Marion respeite a futura rainha. Biniek está numa gruta com Arturo que não aceita comer. Arturo diz a Biniek que ele será pego e expulso junto com seus homens. Biniek diz que agora é o melhor momento para negocia-lo com Severo. Marion está furiosa e discute com Leocádia. Leocádia propõe a Marion uma aliança para evitar que Severo cometa um grave erro. Carmona vai ao quarto de Enrico e econtra Jacques. Carmona ataca Jacques e o acusa de traidor. Lizabeta pede que ela pare. Carmona ignora Lizabeta e continua falando com Jacques. Jacques diz que pretende se casar com Lizabeta e pergunta se tem a permissão do príncipe.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 12 de maio (Quarta)

 

Peitra está apavorada diante de Merlino que consegue entrar no quarto de Enrico. Pietra começa a ficar tonta e faz que via cair. Severo acha graça da proposta de Selena de sem casar com ele em troca pela espada. Marion é arrastada para a Vila, acorrentada, enquanto pessoas gritam e jogam frutas nela. Enrico chega com Accalon e Mistral. Enrico promete livrar Marion caso ela conte a todos as armações de Severo. Carmona nervosa, anda de um lado para o outro e comenta com Tácitus para que Enrico não seja covarde e siga o caminho da justiça. Carmona senta no trono e diz que gostaria de estar no comando da punição de Marion. Na torre, Jacques está muito nervoso e comenta com Nodier que Enrico não pode punir sua mãe. Lizabeta encontra com Bartolion e pergunta se Jacques está no castelo, pois ele está com a espada. Pietra delira e cai na cama. Merlino pergunta sobre Prestedourado a ela. Pietra meio que desperta e vê Merlino diante de si. Pietra parece tonta. Cedric comenta com Leocádia que o conde está diante de uma armadilha ao se casar com Selena. Merlino continua procurando pelos escritos e Pietra começa a murmurar. Merlino se aproxima dela para ouvir. Pietra tenta atacar Merlino com uma adaga, mas Merlino a detém. Pietra grita por socorro. Fernão procura por Arturo pela floresta e encontra Joniel que diz que os selvagens não querem negociar e não vão abrir mão de terem Arturo como moeda de troca. Pietra está tensa com a adega no próprio pescoço, direcionada por Merlino. Lizabeta é levada a prisão e encontra Jacques. Jacques conta que Selena criou uma emboscada e o prendeu na torre. Bartolion arromba a porta do quarto de Enrico e surpreende Merlino. Pietra corre e encontra com Carmona e pede ajuda. Pietra desmaia. Lizabeta também chega e não entende o que está acontecendo. É quando Merlino surge todo ensanguentado. Carmona grita pelos guardas e Tácitus chega para protege-las. Tácitus crava a espada na barriga de Merlino. Severo surge em seu cavalo, com a coroa na cabeça. Todos se surpreendem ao vê-lo. Marion observa, triunfante. Nodier comenta com Jacques, Brione e Gonzalo que a esta altura, Marion já perdeu a cabeça. Enrico manda os soldados prenderem Severo. Os soldados desembainham suas espadas e os de Valedo fazem o mesmo. É quando ouve-se cornetas. Todos na expectativa. Selena surge num cavalo, ao lado de Cedric, trazendo a espada Redentora. Enrico observa, surpreso. Marion observa, intrigada, e Severo levanta a espada Redentora e grita morte ao príncipe.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 11 de maio (Terça)

 

Carmona está surpresa diante de Enrico, Pietra e Lizabeta. Carmona culpa Pietra que diz que está tanto surpresa quanto ela. Selena está diante de Bartolion e Páris e diz que Enrico teve uma decisão sábia ao castigar Marion diante do povo. Fernão segura Severo pela nuca e o joga sobre a mesa. Fernão revela a Severo que ele e Inês tinham planos de partir e que ele não tinha o direito de decidir seu futuro. Severo diz desconhecer do assunto. Apenas Jacques é autorizado a entrar no castelo de Belaventura. Brione e Gonzalo esperam do lado de fora. Na Vila, Joniel e Quixote estão espantados diante de Fubaldo que diz ter visto os Errantes levando o filho do conde. Polentina diz a Gregor que foram os Errantes que a atacou e ele diz que não foi e fica irritado. Jacques caminha pelo corredor para encontrar com Enrico e encontra Selena. Selena diz que vai acompanha-lo até o príncipe, mas avisa que sua mãe irá ser punida com a morte. Selena convida Jacques para vê-la antes. Severo diz a Cedric e Merlino para afastar Fasltaff assim que o assumir o trono, pois ele foi o responsável de ter jogado Fernão contra ele com a história do desaparecimento de Inês. O soldado Chavel chega com a notícia de que Marion será punida publicamente. Na torre, Jacques e Selena não encontram Marion e Jacques se desespera. Jacques entrega a espada para Selena. Jacques se aproxima de um corpo coberto no chão, mas é Nodier. A porta se fecha e tranca Jacques. Jacques percebe que caiu numa cilada e fica furioso. Briona e Gonzalo aguardam e a porta do castelo se abre. Alguns soldados saem levando Marion, que tem os punhos acorrentados. Brione corre até a mãe. Enrico proíbe Carmona de assistir à punição de Marion. Enrico pede a Mistral e Accalon que o acompanhem na punição de Marion. Daros aparece e pergunta a Enrico se ele ordenou que Selena saísse em alguma missão. Daros diz que Selena não está no reino e ninguém a viu sair. Bartolion entra e diz que Selena tentou convencer Pietra a fugir com ela para se proteger. Enrico diz à Pietra que ela não é confiável e depois explica com detalhes. Brione e Gonzalo preocupados, pois não tem notícias de Jacques. Lizabeta sai do castelo a cavalo e Brione grita por ela. Selena encontra com Severo e Leocádia e diz que o conde está perto de perder sua esposa. Selena mostra a espada Redentora a Severo. Pietra conversa com Dulcinéa e diz que precisa se acalmar. Pietra se serve com algo que está na jarra e bebe, pensativa. Merlino surge e Pietra se assusta e pede para não machucá-la. Pietra olha para o copo, para a jarra e joga no chão, assustada.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 10 de maio (Segunda)

 

Severo está com a espada Redentora nas mãos. Cedric, Merlino e Leocádia o observam e Jacques está no chão, completamente exaurido, olhando o pai. Leocádia vai ajudá-lo. Severo pergunta a Jacques se o rei está morto e ele não responde. Jacques tira a espada da mão de Severo e diz que o trono será dele por direito e Severo se surpreende. Joniel acusa Falstaff de fazer parte do esquema da Ordem Pura em que explorava as mulheres vendendo seus bebês. Falstaff nega e diz que apenas entregava as mulheres para a Ordem. Páris recebe uma convocação para comparecer no castelo. Carmona discute com Enrico e diz que ele falhou. Jacques discute com Arturo que diz que foi ele quem matou Otoniel e por mérito deveria ser o novo rei. Severo os repreende e diz que o momento é de união e não de brigas. Enrico está com Mistral e Barolion e diz que não pode perder o apoio dos principais colaboradores do reino. Tiana se surpreende com a chegada de Joniel. Eles se abraçam, emocionados. Severo pede que Cedric prenda Jacques na masmorra e Cedric diz que todos os soldados estão receosos diante de Jacques, porque acreditam que ele será o novo rei. Arturo fica furioso diante de Leocádia e diz que foi ele quem atirou no rei e que não vai permitir que Jacques saia triunfante. Enrico está perturbado diante de Bartolion e Mistral que sugere que Pietra deveria assumir o trono de Belaventura. Tácitus diz à Carmona que soldados de Belaventura viram quando Jacques voltou para Valedo com a espada Redentora. Carmona deduz que seu pai foi derrotado. Dulcinéa conta a mesma coisa para Lizabeta que a abraça e chora. Na Vila, Jacques em seu cavalo é cercado por Errantes e Biniek que impedem ele de prosseguir. Arturo surge, sem ser visto por Jacques. Biniek captura Arturo que se debate. Na floresta, Polentina pede ajuda a Gregor. Um dragão surge por trás de Polentina. Gregor pula para salvar Polentina, no momento em que o dragão cospe uma lufada de fogo na direção deles. Severo pede a Fernão que encontre Jacques e o traga para o castelo. Fernão ameaça Severo e quer saber o que ele fez para afastar Inês dele, caso contrário a trajetória do conde acabará aos pés daquele que sempre o serviu. Severo fica diante da fúria de Fernão. Dulcinéa fica triste diante das notícias sobre o rei e diz à Accalon que Selena não é uma pessoa que se deve confiar. Selena e Páris estão diante de Mistral e Bartolion. Selena aconselha que Carmona assuma sua posição e abra os portões para a Ordem Pura e que faça os Cavaleiros da Ordem a servirem. Brione e Gonzalo estão diante de alguns soldados de Belaventura, ambos irritados e impacientes. Gonzalo pede que avise Mistral que estão ali e que gostariam de ser recebidos. Jacques chega a cavalo e para diante dos soldados. Brione fica emocionada e vê a espada com Jacques. Mistral pede a Marion que se prepare, pois será encaminhada imediatamente para uma punição pública. Enrico conversa com Carmona, Lizabeta e Pietra e diz que se o rei foi derrotado, ele não seja bem visto como sucessor. Carmona concorda, mas Pietra diz que os súditos o apoiariam. Enrico diz à Carmona que ela está certa ao dizer que precisam de uma rainha. Carmona reage, surpresa e satisfeita com o que acaba de ouvir. Enrico faz uma pausa e olha pra todas. Enrico diz que Pietra é essa rainha.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 07 de maio (Sexta)

 

Enrico segura a espada, protegendo Pietra. Selena, Mistral e Accalon estão com suas espadas em riste, assim como os demais homens presentes. No castelo de Valedo, Otoniel encara Severo, que está sentado em seu trono. Marion invade o quarto de Lizabeta e pede para ficar escondida lá e explica que os homens de Severo invadiram o castelo. Jacques encontra com Brione e eles se abraçam. Na floresta, enquanto limpa algumas adagas, Joniel diz a Fergau que quer acabar com o conde Severo. Biniek chega e diz que precisam atacar o castelo. Os homens gritam e levantam seus machados. Leocádia conta a Arturo que Otoniel está no castelo e ele diz que precisa avisar os guardas e que não pode perder a oportunidade de matar o rei. Arturo pega o arco e flecha e Leocádia o segura. Otoniel propõe a Severo que deixe Belaventura imediatamente e poupará sua vida. Severo parte para o ataque, lutando com Otoniel, que se defende e também golpeia. Enrico luta com um dos homens de Severo. Leocádia encontra com Jacques no corredor e diz que Otoniel não sairá vivo do castelo. Otoniel consegue desarmar Severo. Arturo chega e acerta duas flechas nas costas de Otoniel. Severo se surpreende. Otoniel cai de joelhos diante de Severo. Jacques entra neste momento e vê Severo colocar a coroa na cabeça. Pietra e Selena se surpreendem ao ver Lizabeta com Marion. Pietra chama pelo guardas e pede que levem Marion para a torre. Ariela conversa com Tácitus e diz que Carmona gosta dele. Jacques pega a espada de Otoniel e aponta para o pai. Os soldados de Belaventura vencem os soldados de Valedo e protegem Jacques. Jacques ajuda Otoniel a se levantar. Jacques e Otoniel se deparam com Joniel, Fergau e alguns Errantes, impedindo que eles avancem. Os Errantes atacam a Vila. Gonzalo protege Brione e Tiana. Joniel diz a Severo que Otoniel não irá sobreviver. Severo diz à Leocádia que o grande dia chegou. Leocádia responde que para o triunfo ser completo, ele precisa tomar o castelo de Belaventura. Enrico sabe que seu pai foi ferido e fica furioso. Enrico quer invadir o castelo de Valedo, mas Pietra pede que permaneça em Belaventura e assuma o reino.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 06 de maio (Quinta)

 

Enrico e Pietra estão espantados diante de Selena, assim como Otoniel, Accalon, Dulcinéa, Mistral, Elia e Bartolion. Selena argumenta que se Enrico se casar, Pietra em meio a uma guerra, será considerada a princesa da guerra, da miséria do povo, o que pode trazer de volta os boatos de que seria uma bruxa. Enrico segue firme na decisão e Bartolion pergunta se pode prosseguir. Severo passa por Cedric desacordado no chão, senta em seu trono satisfeito. Fernão questiona se era necessário. Severo diz que Cedric não está morto, mas não pode atrapalhar seus planos. Bartolion declara Enrico e Pietra como marido e mulher. Otoniel se emociona. Enrico beija Pietra. Otoniel agradece Accalon e Dulcinéa e diz que a princesa precisará de uma dama de companhia e que Accalon será nomeado como cavaleiro. Dulcinéa e Accalon agradecem. Selena pede desculpas a Otoniel pelo ocorrido.Fubaldo, animado, contando para alguns fregueses sobre o sarau. Carmona desperta, assustada, ela olha em volta com nojo. Corinto explica à Camorna sobre à noite anterior. Tácitus entra com uma bandeja de frutas, pães e uma jarrinha. Dumas procura por Bartolion para saber de Merlino. Bartolion questiona se Dumas desconfia de Merlino e Dumas fica sem palavras. Na floresta, Joniel e Biniek estão diante de alguns Errantes e os orientam. Fergau com eles. Os Errantes vibram. Gonzalo conversa com Tiana e diz que vai salvar Jacques da masmorra e que depois todos vão sair de Valedo. Otoniel vai até a Vila e faz um discurso para os presentes. Carmona fica sabendo que seu pai está na Vila e pensa que ele foi buscá-la. Tácitus observa, condoído, enquanto Carmona procura se mostrar forte e se afasta. Gonzalo consegue libertar Jacques da corrente. Jacques diz a Gonzalo que pretende evitar que seu pai inicie uma guerra.Joniel treina alguns Errantes. Enrico conversa com Accalon, quando de repente, Marion invade a sala do trono acompanhada por Nodier e ela diz que falar com Otoniel.Otoniel entra com os soldados na nala do trono do castelo de Valedo. Severo está sentado no trono e sorri para ele. Enrico está diante dos representantes. Accalon, Mistral e Selena a seu lado. Selena observa os homens com desconfiança e questiona a Mistral que nunca os viram antes. Selena diz que vai atrás de Marion para entender o que ela queria, mas é impedida por um dos homens. Pietra entra e diz a Enrico que os homens são inimigos e que é uma armadilha. Enrico já desembainha a espada, assim como todos que estão presentes.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 05 de maio (Quarta)

 

Bartolion se aproxima de Enrico e Pietra, que seguem surpresos. Enrico questiona se precisam mesmo se casar e Bartolion aconselha que é justamente em tempos de guerra que atitudes de amor devem ser valorizadas e incentivadas. Severo quer saber de Cedric quais são os próximos passos de Otoniel contra ele. Otoniel pede a Mistral que assegure que a população esteja segura e não entre em pânico e pede para levar Marion de volta a torre. Marion diz que não pode ser tratada assim e já provou que está do lado do rei. Matriona discute com Quixote por ter expulsado Falstaff com um facão, é quando Tácitus entra carregando Carmona sobre o ombro. Carmona o chama de ogro e grita para que a coloque no chão. Corinto entra correndo, ofegante e diz que vai levá-la para casa. Carmona diz que não vai a lugar nenhum. Carmona abaixa a cabeça e chora. Dulcinéa sente dores e Lizabeta está com ela. Elia traz algo para Dulcinéa se alimentar. Gonzalo encontra com Jacques na prisão. Jacques pede que o ajude a sair dali. Enrico diz à Pietra que não vê a hora de tê-la como esposa. Enrico sorri e beija Pietra, carinhoso. Selena está supresa diante de Bartolion e Otoniel e diz que não parece adequado casar Enrico no momento de guerra. Tácitus coloca Carmona na cama e se levanta para sair, mas ela o segura e diz que não quer ficar sozinha. Carmona e Tácitus se beijam. Enrico e Pietra conversam com Elia que querem uma cerimônia simples para o casamento. Selena está irritada e anda de um lado para o outro diante de Daros e diz que é um absurdo realizar o casamento do príncipe num momento como esse. Cedric sugere a Severo que Pietra seja queimada na fogueira. Chega o dia do casamento de Enrico e Pietra. Na sala do trono, Bartolion se aproxima, se coloca diante de Enrico. Mistral se coloca diante da porta. Pietra entra, linda. Gonzalo diz à Brione para deixarem Belaventura. Brione pede para que não tenha que escolher. Joniel conversa com Tiana sobre reconstruir o reino de Terragalon e Tiana diz que seria uma loucura. Brione resiste, mas aceita partir com Gonzalo. Selena visita Marion na prisão. Selena diz à Marion que Enrico e Pietra estão se casando e que se ela tem alguma coisa que impeça esse matrimônio que fale imediatamente. Severo e Cedric estão diante da mesa, onde há um mapa de Belaventura. Cedric e Severo comemoram com uma taça e brindam. Alguns instantes e Cedric passa mal e cai no chão. Bartolion vai sacramentar a união de Pietra e Enrico e Selena interrompe e diz que o casamento não pode acontecer, para espanto de todos.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 04 de maio (Terça)

 

Pietra está apavorada diante de Cedric que a ameaça entregá-la para ser queimada igual sua mãe. Pietra grita por socorro e Cedric desfere um tapa no seu rosto. Enrico agradece Otoniel por ter acreditado em Pietra. Marion reclama na prisão sobre o tratamento que está recebendo. Biniek negocia com Severo e quer uma garantia. Brione entra apressada e os Errantes já seguram Brione. Severo encara Biniek. Otoniel manda chamar Merlino e diz a ele que está banido de Belaventura. Carmona no sarau, bebe de sua taça, amargurada. Tamar a olha, condoída. Cedric leva Pietra junto de si encostando uma adaga em seu pescoço. Selena surge por trás. Marion e Leocádia se encaram, quando a porta se abre e Fernão aparece vestido de soldado de Belaventura. Selena lança uma adaga e acerta o braço de Cedric. Pietra consegue se desvencilhar e corre na direção de Selena. Cedric escapa dali. Gonzalo avisa a Accalon que o castelo está sendo atacado e pede para avisar o rei. Cedric alcança a carroça em que estão fugindo Leocádia e Marion. Carmona ordena que Tácitus dance com ela e aceite seu pedido de desculpas. Paris questiona que ela deve dançar com ele que é o noivo. Carmona já dança e estende a mão para Tácitus. Todos aplaudem e ficam na expectativa. Daros captura Marion e lamenta a Enrico que não conseguiu evitar que os outros fugissem. Jacques sentado no chão, cabisbaixo, acorrentado. Brione entra chorando e brigando com um soldado, que tenta impedir sua entrada. Brione abraça Jacques, muito nervosa. Jacques diz que vai protegê-la e que ela deve tomar cuidado até mesmo com Arturo. Marion fica diante de Otoniel, Enrico, Accalon, Daros e Mistral. Marion se joga aos pés de Otoniel, dramática. Carmona e Páris gargalham, visivelmente embriagados. Falstaff invade a casa de Quixote e pergunta pela mulher grávida dele. Severo pergunta de Marion à Leocádia que fica tensa. Marion revela a Otoniel que Severo está preparando um ataque junto com os Errantes e que eles precisam buscar alianças e reforçar a guarda de Belaventura, mas Otoniel diz que irá atacá-los antes. Bartolion sugere a Enrico e Pietra que devem se casar imediatamente, antes da guerra começar. Enrico e Pietra se olham, confusos.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 03 de maio (Segunda)

 

Cedric está tenso, Otoniel segue com a espada em seu peito. Enrico, Pietra, Merlino, Mistral e o Bartolion em alerta. Pietra questiona e Cedric responde que apenas cumpriu ordens ao levar sua mãe que era procurada pela Ordem. Marion está furiosa diante de Leocádia. Arturo discute com Severo por ter colocado Gonzalo para comandar a tropa. Joniel diz a Gonzalo que não tem escolha e terá de enfrentar o rei. Tácitus e Gregor conversam com Matriona, Quixote e Tiana e dizem que encontraram os Errantes que falavam sobre um ataque. Dulcinéa interrompe e diz que o rei precisa ser avisado e todos concordam. Severo está irritado diante de Joniel e Gonzalo e diz que precisa resgatar sua esposa e mãe. Severo sugere que Gonzalo entre no castelo disfarçado. Jacques entra e diz que seu plano se depender dele, não dará certo. Severo manda prender Jacques. Otoniel proíbe Cedric de sair do castelo. Cedric reage, surpreso, mas controla sua revolta. Lizabeta pede a Enrico que interceda por Jacques para que não pague pelos erros da família. Enrico aceita desde que ela aceite ser sua dama de honra do seu casamento. Lizabeta se surpreende. Carmona discute com Otoniel que está chocada com a notícia do casamento de Enrico. Carmona pega uma trouxa de roupa e diz a Otoniel que vai embora. Páris está aflito e agitado, secando o suor da testa e olhando para a decoração do palecete para o sarau. Tamar vem de dentro e é elogiada por Inesita e Páris que dizem que ela está deslumbrante. Polentina e Fubaldo chegam para o sarau e percebem que chegaram muito cedo. Tiana é presa no castelo de Valedo e diz que não é invasora e quer apenas falar com Gonzalo. Joniel chega na hora e manda soltá-la. Tiana conta a Joniel que há uma ameaça de invasão dos Errantes à Vila. Carmona chora e Enrico pede que ela permaneça no castelo. Carmona chega ao palacete de Páris e alguns plebeus a olham, curiosos. Polentina pergunta à Carmona se ela vai impedir o sarau, e ela responde que veio para ficar. Páris se surpreende. Severo está sentado em seu trono diante de Biniek e Joniel. Severo pergunta como estão os preparativos para o plano. Biniek diz que está tudo certo, os Errantes já estão organizados e espalhados pelos quatro cantos do reino. Pietra está deitada, adormecida. Quando ela desperta assustada, já tendo a boca tampada por alguém. É Cedric.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 30 de abril (Sexta)

 

Otoniel pede calma a Enrico e diz que existe um mapa de Prestedourado, o reino mais próspero de todos, que ninguém nunca conseguiu provar que existe. Enrico questiona se o mapa é falso e Bartolion revela que atrás do mapa tinha uma inscrição num antigo dialeto que seria de Prestedourado. Enrico, Bartolion e Otoniel chegam a conclusão que a trégua com a Ordem Pura é fundamental neste momento. Severo pede que o soldado leve Pietra para a masmorra e conta que o marquês conseguiu fugir do castelo. Pietra tem esperança que com esta fuga Enrico fique sabendo onde ela está. Lizabeta e Jacques ficam constrangidos com a chegada de Selena. Selena diz para confiarem nela e que não contará do encontro dos dois para ninguém. Mistral, Accalon e Tácitus levam a notícia a Otoniel de que encontraram um baú que pode pertencer à Selena. Quando abrem, o baú está cheio de moedas de ouro e joias. Quando Jacques está indo embora, se encontra com Nodier. Severo conta à Marion sobre o marquês Cedric. Ela diz que agora Enrico saberá onde Pietra está, mas Severo lhe assegura que ele não a encontrará. Otoniel fica espantado com tanto ouro que tem no baú. Jacques diz para Nodier deixa-lo ir embora mas o pedido não é aceito e os dois começam a lutar. Marion pede para Brione convencer o seu pai a aceitar Gonzalo no castelo. Severo pergunta para Leocádia se ela acredita que Arturo seja mesmo filho dele. Leocádia diz que acompanhou Arturo de perto e sempre procurou dar a ele a mesma educação que deu a Severo. Ela pede que Severo fique mais próximo de Arturo para descobrir se ele realmente é seu filho. No castelo Belaventura, Otoniel, Enrico, Bartolion e Mistral estão tensos diante de Accalon que conta sobre o rapto de crianças em Belaventura. Ele diz que davam um veneno e um antídoto para que as crianças fossem consideradas mortas e depois acordassem pelas mãos de um membro da Ordem. Isto para que as mães não procurassem seus filhos. Lizabeta conta para Selena de sua história com Jacques. Ariela pede que Quixote e Matriona contem a verdade. Matriona respira fundo e conta que ela foi deixada lá ainda bebê. Ariela questiona se ela poderia ser filha de Tiana. Quixote diz que isto é um mistério. Enquanto Jacques e Nodier discutem, Enrico aparece e diz que quer falar em particular com Jacques. Nodier sai espantado. Enrico pergunta se o sumiço de Pietra tem relação com o pai de Jacques. Jacques desconhece mas diz a Enrico que se descobrir alguma coisa contará para ele. Lizabeta agradece Elia por ter facilitado a entrada de Jacques ao castelo. Elia aproveita o momento e pede que Lizabeta tenha um pouco mais de prudência com Selena por ser nova na corte. Selena está diante do rei e confirma que o baú é dela. Selena oferece tudo a Otoniel em prova de sua fidelidade ao rei. Laurinda conta à Brione que Pietra está presa no castelo Valedo. Brione se assusta e diz que seu pai não pode mantê-la presa. Cedric conta a Enrico que Pietra está presa no castelo Valedo. Ele se surpreende com a notícia e pede que Cedric prepare uma tropa para buscá-la.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 29 de abril (Quinta)

 

Pietra está espantada diante de Cedric, que tem a espada na mão. Cedric explica à Pietra que ele precisa segui-la a pedido de Enrico e ela não acredita. Severo surge em seguida. Otoniel está surpreso diante de Páris e revela que sua esposa e filha podem ter sido raptadas há décadas. Severo manda levar Cedric ao seu gabinete e promete proteger Pietra que assente, assustada. Selena revela à Lizabeta que tem um pretendente e que Enrico prometeu encontrá-lo. Tácitus, Daros e Gregor iniciam a luta contra os Errantes. No mercado, Polentina está exausta, enquanto Fubaldo tira alguns legumes da caixa e arruma o cesto. Polentina conversa com Fubaldo e diz que espera que encontre logo Ariela e que nada mais atrapalhe seu sarau. Arturo encontra Ariela e a salva de um lobo. Fernão chega e repreende Arturo por ter se distanciado dele. Arturo diz que salvou uma selvagem e Ariela o repreende. Gonzalo conversa com Brione e diz que chamou Jacques para se juntar a ele e assim se tornar um cavaleiro respeitado. Marion discute com Leocádia e pergunta se Pietra já está fazendo as poções para vender o veneno para a Ordem Pura. Severo interroga Cedric diante de Pietra e revela que Lucy matou o próprio marido. Pietra diz que é mentira. Cedric diz a Severo que acha estranho ele defender a filha de uma mulher que era inimiga da Ordem Pura. Merlino pede a Bartolion que pare de prejudicar a Ordem Pura. Carmona fica irritada diante de Otoniel e Páris ao saber que sua esposa e filha podem ter sido sequestradas. Camorna acusa Páris de ter se comprometido em casar-se com ela. Quixote agradece a Arturo e Fernão por terem encontrado Ariela e a levado para a casa. Ariela está irritada e acusa Quixote e Matriona de ter mentido a ela. Mistral está surpreso diante de Accalon e Tácitus. Accalon e Tácitus colocam as madeiras com os baús e as trouxas sobre a mesa. Accalon mostra o estandarte com o antigo brasão de Cabúri. Mistral abre o baú e se surpreende com o que vê dentro. Jacques com a ajuda de Elia entra no castelo e encontra com Lizabeta. Otoniel e Enrico estão surpresos diante de Bartolion que diz que a Ordem Pura deseja fazer uma aliança com Belaventura. Enrico diz que se Pietra estiver como prisioneira do conde, o tratado de paz será desfeito e que ele mesmo vai declarar guerra à casa de Valedo.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 28 de abril (Quarta)

 

Pietra está assustada diante de Severo. Severo mostra o pergaminho à Pietra e coloca o frasco com o líquido vermelho sobre a mesa e pergunta a ela o que sabe desses objetos. Pietra faz que não sabe. Selena está emocionada diante de Enrico e diz que nunca acreditou na versão que contaram a ela sobre seu pretendente. Mistral conversa com Cedric e diz que confia no julgamento do rei. Dulcinéa está espantada diante de Accalon e pergunta a ele se acredita que exista um grande esquema de raptos de bebês na Vila. Dulcinéa revela a Accalon que desconfia que foi comprada por Fasltaff. Matriona pede que encontrem Ariela. Tiana tenta acalmar Joniel. Joniel diz que jamais permitirá que Gonzalo se junte a Jacques para defender o castelo de Valedo. Lizabeta entra no quarto de Carmona e as duas fazem as pazes. Tamar pergunta a Páris sobre seu casamento e Páris diz que está confuso. Bartolion está com o saco de pano em sua cabeça que é retirado por Leocádia. Bartolion tem na mesa dois pedaços do mapa e Leocádia pede que ajude a revelar o que significa. Laurinda conversa com Pietra e diz que soube da volta de Brione porém não pode sair dali. Otoniel conversa com Enrico e Mistral e alerta que devem tomar cuidado para o que o reino não fique vulnerável. Na floresta, Tácitus, Daros e Gregor estão exaustos e gritam por Ariela. Alguns instantes e alguns homens maltrapilhos surgem de trás das árvores e cercam os três. Daros diz que são os Errantes. Severo encara Leocádia e pergunta o que ela fez com o mapa. Leocádia entrega o mapa a Severo que o contempla. Leocádia sugere que Severo comece sua viagem a caminho de Prestedourado, o mais rico reino. Pietra caminha rapidamente, até que se depara com Cedric. Pietra pede que não a faça mal e ele pede que ela vá com ele imediatamente.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 27 de abril (Terça)

 

Pietra está espantada diante de Laurinda, que está incomodada. Severo não aprova o casamento de Brione com Gonzalo e os dois discutem. Otoniel observa um mapa, onde Mistral localiza as regiões importantes. Otoniel diz a Mistral que talvez uma aliança com a região de Cabúri marque o início de uma nova história para Belaventura. Severo entra e encontra Leocádia e Marion, ainda às voltas com os dois pedaços de mapa rasgados, um deles queimado. Severo diz que Pietra vai revelar a ele tudo o que sabe. Polentina pergunta a Dumas se ele já escolheu as cantigas para declamar no sarau.Pietra conversa com Laurinda sobre seu desapontamento com Enrico. Marion cobra explicações de Brione por ter fugido de casa. Quixote está atônito diante de Matriona que quer que ele conte a verdade sobre a origem do bebê que foi entregue a eles. Ariela escuta tudo atrás da porta. Joniel encara Gonzalo com raiva e diz que ele não pode aceitar se aliar a Jacques. Gonzalo diz a Joniel que pode ser nomeado como cavaleiro por Jacques. Pietra conversa com Laurinda e acha que deve ficar sozinha e esquecer Enrico. Severo entra no local e manda Laurinda voltar para a ala dos criados porque tem muito a conversar com Pietra. Falstaff vai até o palácio falar com Otoniel que o reprova. Selena está tímida diante de Enrico e diz que ficou envergonhada pelo beijo. Severo não acredita no que Pietra diz sobre o que fez para abrir a caixa e bate na mesa, com raiva. Severo faz um carinho no rosto de Pietra e diz que agora é seu dono e que pode transformá-la em uma mulher muito poderosa. Marion está por ali, sem ser vista. Bartolion está distraído mexendo em vários rolinhos e papiros que coloca sobre a mesa. De repente, alguém coloca um saco de pano na cabeça de Bartolion.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 26 de abril (Segunda)

 

Laurinda está surpresa ao ver o beijo de Enrico e Selena. Enrico afasta Selena que se desculpa. Pietra está tensa diante de Marion, que entrega a cuia para ela. Fernão observa, tenso. Fernão e Pietra tomam da fusão e Marion observa. Marion percebe que não acontece nada e bebe também. Páris agradece Accalon pelas descobertas. Merlino conversa com Cedric e diz que há desconfianças do rei a seu respeito. Otoniel diz a Mistral que irá enviar um mensageiro ao condado para buscar informações sobre Selena. Fernão e Marion estão desacordados debruçados na mesa. Pietra abre o olho, conferindo se os dois dormem. Pietra encaixa o pingente na caixa e consegue abrir e retira uma pequena caderneta. Ela abre a caderneta e se surpreende ao ler. Marion desperta e Pietra disfarça que está dormindo. Marion vê a caixa aberta. Accalon revela a Enrico que Pietra conseguiu reproduzir o antídoto que salvou Lizabeta e Enrico conclui que isso a transformaria em alguém do interesse da Ordem Pura. Pietra disfarça acordar e Marion mostra os pergaminhos à ela. Brione se despede de Matriona, Tácitus, Daros e Gregor. Fernão desperta e pergunta da caixa pra Pietra. Pietra diz que a caixa está com Marion e não sabe o que tem nela. Páris conversa com Quixote sobre as descobertas de Accalon sobre os raptos na Vila e teme que seu futuro esteja comprometido e seu casamento com Carmona não aconteça, pois não sabe se sua esposa está viva ou morta. Leocádia descobre o plano de Pietra e rasga a carta. Brione volta ao castelo Valedo e pede desculpas a Severo. Leocádia acusa Marion de roubar o conteúdo da caixa. Leocádia puxa o mapa que estava na caderneta da mão de Marion e acaba rasgando o pergaminho. Laurinda diz à Pietra que não entregou a carta para Enrico porque ele estava beijando outra mulher.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 23 de abril (Sexta)

 

Enrico está com Accalon, Tácitus e Daros na Floresta quando encontra Selena. Enrico diz que vão acompanhá-la em segurança. Enrico também aproveita e se afasta para pedir para Accalon que continuem procurando por Pietra. Pietra segue com a adaga no pescoço ao lado de Fernão. Ela pede para Fernão levá-la até e caixa e deixá-la fugir. Se fizer isto, ele será recebido pelo príncipe na corte. Fernão a encara. Jacques e Lizabeta se beijam. Ela diz para ele que são vítimas de uma guerra de dois inimigos e que ele não desista dela. Mistral vai até a cela onde está Nodier e sente falta do homem que dizia ser como pai de Pietra. Mistral fica intrigado. Gonzalo está tenso diante de Otoniel e Bartolion. Cedric também está presente e muito agitado. Eles descobrem que Gonzalo fez uma réplica da caixa a pedido de Severo. Bartolion diz que o conde Severo aproveitou da habilidade de Gonzalo para fazer uma caixa igual e conclui que a verdadeira caixa ainda deve estar no castelo de Valedo. Otoniel fica tenso. Pietra procura a caixa com Fernão e agradece pela ajuda. Marion entra e quer saber o que está acontecendo. Pietra se assusta. Severo conversa com Leocádia e diz que Pietra pode ser muito valiosa caso o antídoto que ela deu à Marion for de verdade. Gonzalo diz a Otoniel que é inocente e não existe motivo para prendê-lo. Fernão diz à Marion que estão procurando pelas flechas envenenadas do conde Severo, pois caso a família dele fosse condenada ele teria a chance de defendê-los. Marion acredita e diz que quer falar a sós com Pietra. Ela diz que o antídoto que ela preparou não funcionou. O que funcionou foi a que foi buscar conforme os planos do marido. Enrico ajuda Selena e ela fica feliz. Severo diz para Pietra ser sua aliada e que ela não tem outra escolha. No castelo Belaventura, Mistral propõe a Joniel que se torne um defensor do rei. Gonzalo agradece Mistral pela compreensão do rei. Cedric solta as correntes de Nodier. Cedric conta que o rei perdoou Gonzalo e diz que o plebeu vai se arrepender por não ter colaborado com ele. Otoniel conversa com Bartolion e diz que percebeu que Cedric ficou nervoso ao ver que a justiça não foi aplicada de forma enérgica. Enrico pede que Carmona cuide de Selena. No castelo Valedo, Marion diz para Pietra que ela vai ter trabalho árduo no castelo. Otoniel entra no quatro e quer conversar com Lizabeta. Ele diz que Jacque gosta muito dela e que ela também deve gostar muito dele. Lizabeta fica na expectativa. Otoniel continua e diz que este romance não tem a menor chance de acontecer. Leocádia se encontra com Jacques no castelo Valedo e diz para ele não confiar em Otoniel. Leocádia diz que Jacques está cometendo um grande erro ao ficar contra a própria família. Jacques diz que não é o rei que é importante para ele. E Leocádia conclui dizendo que aquilo que é importante para ele, pertence ao rei. Otoniel diz para Lizabeta que não quer ser um rei enérgico e pede que ela confie nele. Enrico entra no castelo Valedo e Severo não gosta. Enrico diz que é o príncipe de Belaventura e pode entrar em qualquer lugar. Enrico pede que Severo traga Pietra imediatamente.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 22 de abril (Quinta)

 

Otoniel, Enrico e Carmona muito emocionados diante de Lizabeta. Pietra implora a Fernão que a ajude a encontrar a caixa. Lizabeta pergunta por Jacques. Mistral comenta com Elia que a princesa Lizabeta acordou. Accalon, Daros, Gregor e Tácitus fazem a busca na floresta atrás de Pietra. Eles se detêm ao verem no solo um pano com sangue. Lizabeta conta a Enrico que Merlino deu algo para ela beber antes de adormecer. Otoniel conta a Cedric que Lizabeta despertou e ele se surpreende. Dumas pergunta à Tamar se a promessa de casamento entre eles foi mesmo desfeita. Tamar assente, sorrindo. Dumas beija a mão de Tamar. Cedric vai até a prisão onde está Gonzalo e o acusa de ser o invasor do castelo e que colocou a flecha no trono do rei e o sangue na cama da princesa Carmona para fragilizar o rei. Gonzalo nega e jura ser inocente e diz que Nodier está tentando achar um culpado. Gonzalo diz que foi ao castelo saber informações da família de Brione e declara que fez isso por amor a ela. No castelo de Valedo, Laurinda se encontra com Pietra e pergunta o que ela está fazendo lá. Pietra pede ajuda e diz que foi arrastada por lá por Fernão. Dulcinéa mexe em algumas trouxas de baús antigos e retira roupas velhas. Falstaff aparece e diz que não há necessidade daquilo e que irá arrumar vestes novas para ela. Dulcinéa pede que ele pare de ser dissimulado e afirma que a gravidez foi o primeiro passo para suas irmãs desaparecerem. Lizabeta diz à Elia que precisa ver Enrico. Otoniel manda trazer Severo, Marion, Jacques, Leocádia e Arturo na sala do trono para dizer que não haverá guerra entre eles. Jacques pede para ver Lizabeta e Otoniel nega e pede para esquecê-la. Enrico está na floresta a procura de Pietra. Carmona reclama com Cedric que Enrico não vai descansar enquanto não trouxer Pietra de volta ao castelo. Mistral diz a Jacques que ele deveria ter voltado para o castelo com sua família. Jacques diz que não será cúmplice de seu pai. Jacques está prestes a ir embora do castelo quando Lizabeta grita seu nome. Os dois se abraçam e se beijam. Pietra finge que dorme, quando Fernão se aproxima com um prato de comida. Quando Fernão vai levantar Pietra, ela tira a adaga e encosta no pescoço dele e diz para leva-la até a caixa de sua mãe.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 21 de abril (Quarta)

 

Pietra está apavorada ao ver Biniek no chão, ferido e pensa que ele está morto. Fernão a agarra por trás e ela grita por socorro. Enrico explica a Otoniel que Bartolion disse que o tipo de veneno que atingiu Lizabeta já foi usado pela Ordem Pura. Bartolion pede que Carmona diga onde Pietra está. Corinto revela à Solimara que viu Nodier saindo do castelo na calada da noite acompanhado de guardas e acredita que levava um corpo. Sob o olhar de Bartolion, Otoniel anda de um lado para o outro pensativo, atordoado e esbraveja que ninguém consegue salvar Lizabeta. Otoniel pede que tragam Pietra de qualquer jeito, mas Bartolion diz que ninguém sabe onde ela está. Otoniel mostra a caixa para Bartolion e diz que a primeira vez que viu Pietra, ela carregava a mesma caixa. Bartolion diz que um pingente de pedra pode abrir a caixa e lembra que ela deu um cordão para Enrico quando eram crianças e que Enrico perdeu na floresta. Enrico pede a Mistral que Nodier seja preso. A Accalon, Tácitus, Gregor e Daros, Enrico pede que achem Pietra. No mercado, Matriona entra pra comprar mantimentos e Polentina grita por socorro, dizendo que apareceu uma bruxa. Matriona ignora a provocação. Otoniel vai até a masmorra e ordena que Severo abra a caixa. Enrico encontra Nodier e já parte para cima dele e pergunta porque perseguiu Pietra. Enrico desfere socos em Nodier e o joga no chão. Cedric prende Gonzalo na masmorra que diz ser inocente. Pietra pede que Fernão a ajude encontrar a caixa e acha que Severo a escondeu no castelo. Otoniel entra no quarto de Lizabeta furioso e pede que Jacques se retire.Otoniel discute com Carmona. Lizabeta desperta.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 20 de abril (Terça)

 

Severo está caído no chão, ferido e desacordado. Os nobres estão horrorizados. Otoniel retira a espada do ombro de Severo. Otoniel esbraveja para que Severo se levante e diz que ele tem que salvar sua filha. Jacques se ajoelha diante de Severo e pede que diga onde está o antídoto. Severo continua no chão, inerte. Marion e Fernão seguram Pietra que tenta se desvencilhar e deixa cair o frasco com o antídoto. Marion pega o frasco. Tiana conta para Joniel que Dulcinéa está gravida de Falstaff e ele se espanta. Nodier diz à Carmona que não aceita o casamento dela com Páris, pois era sua prometida. Nodier beija Carmona e ela desfere um tapa em seu rosto. Otoniel ordena que tranquem toda família de Severo na torre. Arturo, raivoso, parte para cima de Otoniel, mas é contido por um guarda. Marion manda Fernão levar Pietra para Valedo. Pietra se debate, mas Fernão tampa a sua boca. Marion entra na sala de combate e mostra o frasco com o antídoto que tomou de Pietra. Jacques pega o frasco da mão de Marion e segue para o quarto de Lizabeta. Jacques dá o antídoto para Lizabeta. Otoniel entra em seguida. Severo diz à Marion que ela precisa arrumar uma espada para que ele mate Otoniel e salve sua família. Páris reclama com Mistral que com todo os acontecimentos no palácio, seu casamento com Carmona pode não acontecer. Dulcinéa conta para Accalon que está grávida de Falstaff e que por isso não pode fugir com Accalon e o deixa indignado. Cedric repreende Nodier por se aproximar de Carmona. Enrico discute com Carmona e a acusa de ter planejado tudo para incriminar Pietra. Fernão desperta, assustado, por ter caído no sono. Ele olha em volta, e percebe que está sozinho e grita por Pietra. Pietra foge pela floresta.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 19 de abril (Segunda)

 

Na sala do trono, Otoniel e Severo se encaram diante de todos os presentes. Pietra está espantada diante de Bartolion. Accalon retira algo de sua bolsa, colocando sobre a mesa o frasco e o pergaminho que encontrou num esconderijo na floresta. Na rua, Nodier mostra o crânio a todos e diz que há uma bruxa na vila. Bartolion recebe uma mensagem da guarda real para comparecer ao castelo. Mistral lê o pergaminho com as regras da luta diante de todos os convidados. Jacques aceita as condições. Tiana está preocupada diante de Joniel para saber se o conde Severo autorizaria o casamento de Gonzalo e Brione. Dulcinéa incrédula, chora bastante e leva a mão a barriga. Nodier chega furioso e procura por Pietra. Falstaff diz que ela não está. Dulcinéa ouve toda a conversa sem ser vista. Carmona discute com Tamar que trocou o casamento com Enrico por um homem mais velho. Otoniel pede que Mistral traga as armas. Jacques e Enrico se encaram, ambos com as espadas em punho. Pietra observa os pergaminhos e o frasco e comenta com Accalon que sua mãe nunca contou nada a respeito de venenos e antídotos. Pietra tem alguns pensamentos da infância. Em seguida, já pega o frasco e coloca líquido dentro e pega uma semente e coloca no frasco e põe no fogo. Enrico e Jacques lutam. Pietra observa o líquido mudar de cor ao passar pelo fogo. Accalon está surpreso. Dulcinéa diz a Tiana que está grávida de Fasltaff e se sente envergonhada. Pietra e Accalon voltam para o castelo. Cedric, a pedido de Marion, liberta Fernão da masmorra. Severo arrasta a ponta de sua espada no chão, como se a estivesse afiando, só para provocar Otoniel. Otoniel parte para cima de Severo. No castelo, Pietra está escondida. Pietra paralisa ao ver Fernão e Marion. Otoniel derruba Severo e grita para que ele salve Lizabeta. Severo fecha os olhos, ficando desacordado, na tensão de todos.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 16 de abril (Sexta)

 

Otoniel está furioso diante de Severo e Marion. Mistral e Cedric acalmam os ânimos. Otoniel chama Severo de traidor e Severo diz que mudou de ideia. Jacques quer ver Lizabeta mas é impedido pelos guardas e pede que Nodier o leve até ela. Nodier debocha de Jacques ao dizer que ele tinha passagem livre quando era chefe da guarda. Dulcinéa diz a Tiana que se sente muito fraca, sem vontade de comer e que anda enjoada. Jacques entra no quarto em que está Lizabeta e pergunta porque ela ainda está desacordada. Pietra diz que ninguém surgiu com o antídoto. Carmona ordena que Nodier acompanhe os soldados até a casa de Pietra para que não desconfiem da armação. Nodier beija Carmona.Elia conversa com Pietra no corredor e diz que ela não deve confiar em Carmona. Laurinda aconselha Brione a não sair do castelo para visitar o rei e contar sobre a armação do pai. Severo lê outro pergaminho e diz que concorda com as novas condições. Mistral diz que independente do resultado da luta entre Enrico e Jacques, ele e sua família terão o perdão régio e que poderão viver livremente no reino e participar das reuniões da corte. Enrico concorda, mas diz que tudo isso só acontecerá se antes da próxima lua, Lizabeta esteja acordada, caso contrário, todos serão presos. Otoniel assina o novo acordo. Merlino diz a Leocádia que não há mais como conseguir o antídoto. Os guardas vasculham a casa de Pietra e Nodier chega. Enrico fica furioso com a atitude de Carmona. Brione foge e vai até Gonzalo na oficina e pede abrigo. Bartolion mostra a Enrico alguns pergaminhos com os desenhos das caixas lendárias e que podem tem a resposta para o antídoto. Bartolion deduz que Pietra pode ser a única capaz de salvar a princesa. Nodier se irrita com os guardas que não encontram nada na casa de Pietra. Nodier começa a derrubar tudo e todos se surpreendem quando ele encontra crânios e ossos humanos no local, no espanto de Pietra.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 15 de abril (Quinta)

 

Pietra está muito surpresa diante de Enrico e Otoniel. Enrico fica um pouco desconcentrado. Tiana conversa com Gregor e diz que Gonzalo agiu errado ao entrar no castelo de Valedo vestido de quadrilheiro. Joniel luta com homens na floresta e é observado por Fasltaff. Falstaff tenta fugir mas é alcançado por Joniel. Merlino chega para falar com Fasltaff e Dulcinéa diz que ele não está. Merlino percebe que Dulcinéa não está bem. Falstaff diz a Joniel que os homens que o atacaram são os saqueadores que se organizam para invadir a vila. Cedric reclama com Nodier que o rei está deixando-o fora de todas as decisões importantes. Pietra não aceita o pedido de casamento, pois ele ainda tem compromisso com outra prometida. Jacques avisa Brione que se seu pai não salvar Lizabeta, ele se voltará contra o pai. Pietra comenta com Elia que não pode se casar com Enrico. Tamar conta a Páris que não está decidida a se casar com Enrico, pois está gostando de outra pessoa. Carmona conversa com Lizabeta que ainda está desacordada e diz que sente sua falta. Otoniel ouve tudo sem ser visto e Carmona se emociona. Enrico e Pietra estão ao lado de Lizabeta e reclamam que Severo já deveria ter chegado com o antídoto. Carmona diz a Enrico que aceita Pietra desde que seja feito uma varredura onde ela mora, pois não sabem nada a respeito de sua mãe. Severo chega ao castelo e entra com Marion e encontra Otoniel sentado no trono. Otoniel reclama do atraso e pede o antídoto para salvar Lizabeta. Severo propõe renegociar o acordo antes. Severo encara Otoniel. Severo diz que o duelo entre Enrico e Jacques deve começar imediatamente.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 14 de abril (Quarta)

 

Enrico tem a espada em riste na direção de Merlino, que está assustado. Pietra ao lado de Enrico e Lizabeta desacordada. Otoniel diz a Mistral que teme perder tudo. Jacques ameaça Severo e diz que se Lizabeta morrer, o pai o terá como um inimigo pelo resto da vida. Arturo diz à Brione que eles precisam apoiar o pai e derrubar o rei Otoniel. Carmona reclama com Cedric que Enrico prefere que Pietra esteja ao lado de Lizabeta do que ela. Otoniel está muito abalado diante de Lizabeta e Enrico o consola. Cedric encontra com Merlino que diz que Enrico o dispensou. Cedric diz que ele precisa ficar no castelo ou vai perder o controle da situação. Gonzalo está por perto e é descoberto por Cedric. Gonzalo corre e se esconde. Corinto aparece ali, carregando um saco de mantimento e resmungando. Gonzalo pergunta a Corinto se sabe o que aconteceu com Jacques. Corinto diz que Jacques ainda não foi punido. Gonzalo pede ajuda para que saia do castelo sem ser visto. Otoniel não concorda que Jacques se case com Lizabeta. Mistral diz a Severo que ele está liberado para sair do castelo e buscar o antídoto para salvar a princesa. Severo diz que não quer guardas no seu encalço. Corinto leva Gonzalo para uma passagem secreta para sair do castelo, mas Cedric aparece e manda prendê-lo. Na floresta, Joniel está escondido atrás de uma árvore e observa Falstaff entregar uma pasta para um homem encapuzado. Joniel aparece diante de Falstaff e o homem. Mais dois homens saem detrás das árvores com foices e facões nas mãos. Joniel se vê cercado. Falstaff diz a Joniel que ele mexeu com quem não devia. Pietra se assusta com a porta se abrindo, é Jacques que já entra ali com Mistral. Jacques faz um carinho em Lizabeta e diz que promete salvá-la. Otoniel dá a espada Redentora a Enrico e diz que ele vai lutar com ela. Gonzalo luta com os guardas. Gonzalo diz que não quer machucar ninguém, e quer apenas sair do castelo, mas Cedric parte pra cima dele, é quando surge Severo e diz que ele está sob sua proteção. Enrico está com Otoniel e pede pra chamar Pietra. Otoniel pede que ouça o que o príncipe tem a dizer. Pietra se surpreende e olha para Enrico, que segura as suas mãos. Enrico pergunta se ela aceita se casar com ele.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 13 de abril (Terça)

 

Otoniel aproxima sua espada no pescoço de Severo. Enrico e Jacques estão tensos. Otoniel quer salvar logo sua filha. Pietra diz a Carmona que só está no castelo a pedido de Enrico. Carmona diz que Pietra só traz problemas. Otoniel está furioso e diz a Enrico não confiar nas palavras de Severo. Severo diz que sempre defendeu a verdade e que foi acusado injustamente pela morte da rainha. Severo insiste na sua proposta para salvar Lizabeta: um combate entyre os sucessores representando as casas de Valedo e Redenção, pelo trono de Belaventura. Enrico aceita e diz para dar o antídoto imediatamente para Lizabeta. Severo diz que não está com ele e que precisam assinar um termo com todas as condições do duelo. Pietra vai até o refeitório e diz que vai preparar uma receita que aprendeu com sua mãe para Lizabeta comer. Carmona diz para Nodier que Biniek será muito útil para ela. Pietra diz para Solimara e Corinto que sua mãe sempre preparava uma canja de galinha com verduras sempre que estava adoentada. E por isto decidiu fazer o mesmo para Lizabeta. Severo discute com Jacques e diz para ele vencer a luta a todo custo em nome da dama que tanto admira. Enquanto Marion está desacordada na cama Leocádia se aproxima dela e fala que sempre teve o controle da situação e que sempre foi a rainha do castelo. Marion acorda e diz que a rainha é ela e pega uma adaga que estava escondida na cama e encosta no pescoço de Leocádia. Marion diz que Leocádia a tentou envenenar mas ela cuspiu assim que notou algo diferente. Leocádia propõe a Marion que as duas se unam. Enrico vai até a cozinha onde está Pietra e revela que fará um duelo com Jacques pelo trono de Belaventura. Nodier liberta Biniek a pedido de Carmona. Pietra leva o caldo para Lizabeta mas é impedida por Merlino que pede que ela se afaste. Biniek leva Nodier até a casa de Lucy. Nodier quer encontrar provas de que Lucy era uma bruxa.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 12 de abril (Segunda)

 

Otoniel, cheio de ódio, segura a espada Redentora, encara Severo e ordena que ele se ajoelhe. Cedric pede que Carmona se acalme e pare de chorar. Pietra está tensa diante de Bartolion. Enrico está próximo e Merlino ao lado de Lizabeta que segue desacordada. Na masmorra, Nodier chicoteia Jacques para que confesse a invasão ao castelo e o atentado contra a vida da princesa. Jacques nega. Brione pede que Gonzalo guarde o segredo sobre sua família que foi cumplice de Severo todo o tempo. Leocádia tenta esconder um baú, mas Mario entra, vê o baú e pergunta o que é a tal caixa misteriosa. Marion vê que a caixa tem o brasão da Ordem Pura. Lizabeta sofre com muitas dores. Severo diz a Otoniel que Lizabeta não terá tanto tempo de vida. Otoniel ordena que busquem todo tipo de pessoa que tenha algum conhecimento sobre venenos e ervas. Enrico pede que Nodier busque Jacques e o leve até Severo. Cedric diz a Otoniel que está tudo pronto para a execução de Jacques e que ele deveria aproveitar a chance para punir pai e filho na mesma ocasião. Se fizer isto, acabará de uma vez por todas com uma disputa que já dura anos. Mistral diz ao rei que ele não pode fazer isso. Severo vê Jacques chegar todo machucado. Jacques diz que sua maior vitória será salvar Lizabeta. Otoniel e Enrico vão até a masmorra e encaram Severo e Jacques. Otoniel pergunta quais são as condições para salvar Lizabeta. Severo responde que sejam retiradas todas as acusações contra sua família. Jacques propõe um nova disputa pelo trono, mas dessa vez os herdeiros quem duelarão pela coroa.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 09 de abril (Sexta)

 

O embate entre Enrico e Jacques continua. Enrico com a espada na nuca de Jacques. Pietra ao lado, apreensiva e Biniek continua acorrentado. Jacques puxa Pietra para se garantir. Enrico ordena que Jacques solte Pietra. Carmona irritada, bate com o facão em sacos de feno e acaba se cortando. Nodier chega e a ajuda. Leocádia pede que Severo interfira na execução de Jacques. Severo abre o baú e retira a caixa de Lucy. Leocádia se surpreende. Marion está nervosa, diante da visita de Fernão ao castelo. Fernão diz que está correndo sérios riscos e que o conde voltou para se vingar. Fernão sugere que Marion entregue Severo ao rei pela liberdade de Jacques. Biniek pega Pietra como refém para sair do castelo. Enrico e Jacques ficam lado a lado, diante de um nervoso Biniek. Pietra se desvencilha de Biniek e corre para Enrico. Otoniel manda Biniek e Jacques para a masmorra. Otoniel conversa com Pietra e diz que desde a sua chegada ao reino de Belaventura que tudo se tornou um caos. Carmona visita Pietra no quarto e elas discutem. Carmona diz a Pietra que ela nunca sentará no trono. Brione escreve uma carta para Gonzalo. Carmona vai se deitar e quando empurra o lençol seu colchão está ensopado de sangue, ela se descontrola. Nodier ouve os gritos de Carmona e chega para ver o que está acontecendo e se espanta. Camorna diz que foi Pietra que colocou aquele sangue em sua cama. Pietra está acomodada no quarto de Enrico. Eles se beijam. Bartolion mexe em uns livros e encontra um exemplar antigo com o brasão da Ordem Pura e vê uma lista com o nome de Lucy. Pietra veste uma roupa de Vitoriana dada por Elia. Carmona invade o quarto para tirar satisfação com Pietra e a vê com a roupa de sua mãe. Carmona parte para cima de Pietra e rasga o vestido. Enrico está diante de Otoniel, ambos trajando vestes festivais. Enrico pergunta a Otoniel se ele vai mesmo seguir com o plano de executar Jacques. Lizabeta conversa com Jacques em um local afastado e revela que seu pai não vai executá-lo. Sem serr visto, Severo está escondido, apontando uma flecha na direção de Lizabeta. Jacques pede que Lizabeta vá embora.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 08 de abril (Quinta)

 

Enrico está espantado diante de Otoniel. Pietra também está surpresa. Enrico confronta Otoniel e diz que não pode concordar em executar Jacques sem prova. Marion pressiona Severo para que diga como pretende salvar Jacques. Biniek liberta Jacques a mando de Severo. Dulcinéa conta a Joniel sobre o encontro de Falstaff na floresta com um funcionário do reino. Otoniel está no trono reunido com Enrico, Bartolion e Mistral, e ouvem a explicação de Cedric sobre os acontecimentos no castelo. Diante disso, Otoniel obriga Cedric voltar para o castelo Valedo e todos se surpreendem. Gonzalo orienta Joniel a ter cuidado com o que Dulcinéa disse sobre Fasltaff. Severo se entende com Brione e os dois se abraçam. Severo promete ajudá-la com Gonzalo. Otoniel revela a Enrico, Mistral e Bartolion que não pretende executar Jacques, apenas que a notícia da condenação atraia Severo. Mistral tem receio que Severo apareça com um grande exército. Carmona entra e diz que o momento seria perfeito para comunicar a mudança na sucessão do trono. Otoniel se surpreende. Lizabeta e Pietra planejam escapar para chegar até a masmorra onde está Jacques. Cedric diz à Leocádia que Jacques será executado e ela se desespera. Otoniel diz à Carmona que não pode mexer na linha de sucessão do trono. Carmona diz que Enrico abriu mão do reino. Carmona olha para Enrico impaciente e exige que ele se posicione. Pietra consegue se desvencilhar de Accalon com a ajuda de Lizabeta e vai até a masmorra falar com Jacques. Pietra chega até a cela e se surpreende ao ver Biniek preso no local onde estava Jacques. Biniek pede ajuda. Jacques caminha pelos corredores do castelo e se esconde dos guardas. Carmona discute com Enrico e diz que será sua inimiga e fará de tudo para afastar Pietra do castelo. Enrico encontra com Lizabeta e pergunta por Pietra. Pietra vai libertar Biniek e Jacques segura seu braço e pergunta porque está com as chaves para libertar um homem que é aliado de seu pai. Enrico surge por trás e já encosta a espada em sua nuca.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 07 de abril (Quarta)

 

No castelo Belaventura, Otoniel está pasmo diante da flecha cravada no trono e grita pelos guardas. Nodier chega correndo e também se surpreende com o que vê. Otoniel pede que cerquem o castelo e avisa que Severo deve estar por ali. Pietra está com Enrico e ouve Cedric acusar Lucy de criminosa. Pietra revela que Lucy era sua mãe e não acredita nele. Cedric se surpreende e desconfia que Pietra seja filha de Lucy. Enrico protege Pietra e Cedric diz que ele precisa se afastar de Pietra pois sua mãe era uma bruxa. Pietra chora bastante e Enrico a acalma. Jacques está amarrado na masmorra diante de Nodier e jura ser inocente. Nodier desfere um tapa em Jacques. Marion fica furiosa ao saber que Jacques é prisioneiro do rei por causa de Severo. Lizabeta defende Jacques enquanto Carmona o acusa diante de Otoniel. Falstaff segura Dulcinéa com força para que ela confesse que falou a Accalon que Fernão esteve lá. Leocádia pede à Brione que ouça seu pai e tenha paciência com ele. Severo conversa com Marion e diz que visita o castelo o tempo suficiente para saber que ela o traiu. Severo dá um tapa em Marion. Tamar conversa com Corinto e propõe a ele fazer ciúme em alguém. Enrico pede à Pietra que seja sua dama, os dois se beijam carinhosamente. Jacques pede à Elia que diga à Lizabeta que esqueça tudo o que aconteceu entre eles. Enrico quer que Pietra fique no castelo sob sua proteção, mas ela hesita com medo de Cedric. Páris está radiante diante de Matriona e Quixote pois irá se casar com Carmona. Páris pede a Quixote que venda seu vinho mais barato para o dia do casamento. Matriona fica irritada. Tácitus chega e dá os pêsames a Páris. Daros e Gregor conversam sobre a desconfiança de Tácitus sobre os saques de mercadorias. Fubaldo fica atento à conversa. Otoniel conversa com Mistral e Cedric e diz que não pode colocar Enrico em perigo, e que Pietra precisa ter portas abertas no castelo. Otoniel diz que tem algo mais importante a agilizar: a execução de Jacques. Cedric se surpreende. Lizabeta diante de Elia não aceita se afastar de Jacques. Jacques grita por ajuda para que o tirem dali, Biniek se aproxima encapuzado e diz que está ali para ajudá-lo. Enrico chega com Pietra ao castelo, ela parece tensa e insegura. Otoniel entra e eles se surpreendem. Otoniel mostra a flecha no trono. Enrico diz que o castelo está vulnerável. Otoniel interrompe e diz que a coroa precisa saber que há um herdeiro firme e que seu primeiro ato público será comandar a execução de Jacques. Enrico se espanta.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 06 de abril (Terça)

 

Cedric leva Pietra para a masmorra. Pietra conta que a caixa está com o conde Severo e que ela deveria ter contado ao príncipe que Cedric se aliou ao conde. Cedric segura o rosto de Pietra com raiva e diz que a raptou a mando do rei Otoniel. Ela se espanta. Enrico conta a Otoniel que a caixa pertencia a mãe de Pietra, uma camponesa, mas que agora está nas mãos do conde Severo. Otoniel reage tenso e pergunta se Enrico sabe de mais alguma coisa. Enrico fica em silêncio desconfiado mas diz com muita convicção que Pietra não fugiria dele, e que algo muito estranho está acontecendo no castelo. Joniel e Gonzalo duelam com as espadas enquanto discutem. Gonzalo pede a seu pai que não seja contra seu amor por Brione. Joniel diz que sempre estará ao lado dele. Marion pede para Brione abandonar Gonzalo porque o período está muito conturbado e colocará a vida dele em risco. Brione acata o pedido da mãe. Carmona e Lizabeta discutem por causa de Jacques. Enrico e Bartolion conversam e tentam descobrir como Pietra saiu do castelo. De repente, Enrico se dá conta que Cedric não foi mais visto desde o embate que tiveram e conclui que foi ele quem pegou Pietra. Cedric discute com Pietra em um lugar escondido. Ele diz para ela que a única maneira de manter a calma nos reinos seria deixar a caixa lendária em sua proteção. Cedric diz que ela pode ir embora a hora que quiser depois da conversa e que terá de garantir que não irá atrás do conde Severo. Enrico diz para Bartolion que Pietra e Cedric podem ter um passado em comum e decide ir atrás dela. Carmona e Lizabeta discutem. Lizabeta vai embora. Nodier sai de trás da cortina, puxa Carmona pela cintura e lhe dá um beijo. Ela cede mas depois volta a ter uma postura agressiva e o empurra dizendo que acatou a decisão do rei em se casar com o conde Páris. Otoniel e Mistral conversam quando Accalon interrompe dizendo que traz um recado, provavelmente deixado pelo conde Severo. Accalon mostra a flecha com um pedaço de pano ensanguentado com o brasão de Belaventura. Otoniel fica tenso. Pietra, com fome, chora e diz que está fraca. Cedric diz que a libertará se der a sua palavra e manter a conversa que tiveram em segredo. Enrico aparece, surpreende os dois e decreta a prisão de Cedric. Mistral revela a Marion que ela e toda a família estão proibidos de sair do castelo até que o rei Otoniel autorize. Ele conta que seu filho Jacques está preso na masmorra. Cedric fala para Enrico que não levou Pietra a força e que fez tudo isto para defender Pietra. Enrico quer saber porque Cedric levou Pietra para um antigo cárcere da Ordem Pura. Pietra se espanta e pergunta para Cedric se ele levou para lá uma mulher chamada Lucy. Cedric se espanta e Enrico o obriga a responder. Jacques está deitado no chão quando Otoniel aparece com o pano com o brasão e a flecha. O rei pergunta se Jacques sabe de alguma coisa. Ele responde que apenas quer justiça. Cedric revela que Lucy morreu por causa da peste. Pietra fica chocada. Otoniel volta para a sala do trono e dá de cara com Severo.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 05 de abril (Segunda)

 

Mistral e Nodier carregando Jacques pelo braço. Ele está revoltado e esbravejando dizendo que estão cometendo um grande erro. Falstaff fica intrigado com a proposta de Fernão de entregar o conde Severo. Dulcinéa escondida, ouve a conversa. Severo está furioso diante de Biniek. Brione não aceita fugir com Gonzalo e ele entende. Os dois se beijam e Marion se surpreende ao vê-los. Jacques tenta se explicar para Otoniel que estava na floresta e tentou capturar seu pai, mas ele conseguiu fugir. Otoniel diz que é difícil acreditar nele. Otoniel determina que Jacques ficará na masmorra até segunda ordem. Marion ameaça desferir um tapa no rosto de Brione e Gonzalo segura sua mão. Enrico diz que vai proteger Pietra e eles se beijam, é quando Otoniel entra e pergunta o que está acontecendo ali. Nodier conta à Carmona que o traidor Jacques foi para masmorra. Ela fica feliz e diz que todos vão lhe dar razão. Nodier aproveita e diz que não vai permitir que ela se case com Páris. Otoniel discute com Enrico e pergunta para Pietra onde está a caixa. Todos olham para Pietra com expectativa e ela começa a se sentir mal e desmaia. Lizabeta visita Jacques na prisão. Ela diz que acredita nele e os dois se beijam. Pietra desperta e vê Enrico. Pietra revela que a caixa está nas mãos de Severo. Brione conversa com Leocádia e diz que sua mãe nunca permitirá que seja feliz com o homem que ela escolheu. Gonzalo está concentrado e trabalha na réplica da caixa. Otoniel, Mistral e Bartolion ouvem o relato de Accalon de que Fernão foi visto na taverna e deveria estar tramando algo com Fasltaff.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 02 de abril (Sexta)

 

Pietra ainda está chocada diante de Enrico. Ela fica sem ação, até que faz uma reverência respeitosa e deixa Enrico sem jeito. Bartolion olha para Pietra com desconfiança e pergunta como ela entrou no castelo. Jacques discute com Severo. Lizabeta tenta convencer Carmona de desistir de assumir o trono que Enrico prometeu abdicar por causa dela. Leocádia discute com Marion e pergunta se vai apoiar Severo. Jacques discute com Severo que tenta se justificar pela ausência. Tiana culpa Joniel por Gonzalo querer sair de casa. Enrico conversa com Pietra e tenta convencê-la de que tudo que fez foi pelo seu bem. Pietra resiste mas acaba acreditando em Enrico. Enrico se declara para Pietra que cede. Jacque ameaça Severo. Jacques vai prender Severo, mas ele consegue fugir. Otoniel, Cedric, Mistral, Bartolion e Páris aguardam por Carmona na sala do trono. Carmona acredita que vai assumir o trono no lugar de Enrico. Otoniel pede que Carmona se case com Páris e ela fica chocada. Carmona faz uma reverência para Otoniel para surpresa de todos. Pietra diz a Enrico que Cedric pode estar envolvido no desaparecimento de sua mãe e revela contar tudo o que sabe a Enrico. Accalon entra na sala e interrompe a conversa dizendo que Severo está vivo e que conseguiu um infiltrado no castelo. Pietra se assusta ao ouvir aquilo. Carmona fica furiosa e derruba bandeja com frutas e diz à Elia que seu pai está conspirando contra ela e promete reverter a situação. Nodier fica furioso com a notícia e leva um tapa de Cedric. Cedric diz a Nodier que ele deveria ter seduzido Carmona e apressado um casamento. Gonzalo entra no castelo para ver Brione e eles se beijam. Gonzalo propõe fugir com Brione que fica assustada. Otoniel manda prender Jacques por traição. Pietra diz a Enrico que mentiu para ele e que esteve com Severo. É quando Cedric entra com dois guardas e dá ordem de prisão à Pietra.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 01 de abril (Quinta)

 

Na casa de Lucy, Pietra está tensa diante de Severo que quer matar o rei. Ela tenta fazê-lo mudar de ideia e ele fica mais furioso. No castelo Valedo, Jacques desconfia de Fernão e pergunta se ele sabe de alguma coisa sobre a flecha encontrada na floresta. Fernão diz não saber de nada mas Marion e Jacques não acreditam. Jacques diz para Fernão ir ao castelo Belaventura com ele. Cedric, Mistral e Bartolion continuam a conversar mas ainda confusos diante de Otoniel sobre o retorno de Severo. Bartolion também sugere mudar o regime de tributação e Otoniel aceita. Enrico vai conversar com Carmona e pergunta se ela está certa em levar adiante o compromisso com Nodier. Carmona fica surpresa. Na taverna, Nodier ainda briga com os jogadores. Eles não querem que Nodier continue jogando porque não efetua o pagamento. Falstaff ordena que continue jogando. Accalon segura Dulcinéa nos braços e diz que ela não precisa se submeter as vontades de Falstaff. Os dois trocam olhares. Lizabeta conversa com Elia e deixa no ar um clima de que está interessada em Jacques. Jacques insiste em levar Fernão para se explicar à guarda do rei. Fernão e Jacques lutam com suas espadas sob o olhar preocupado de Marion. Pietra consegue convencer Severo a não tramar o assassinato do rei. Em seguida ele toma outra decisão: obriga Pietra a colocar algumas gotas de veneno na água do príncipe. Severo se afasta e deixa Pietra assustada. Enrico diz para Carmona pensar no que é melhor para o reino de Belaventura. Ele diz para a irmã que vai se casar com a mulher que ama e não com a mulher que querem que ele se case. E diz que Carmona deve pensar direito se Nodier é a melhor pessoa para estar ao seu lado. Na sala do trono, Otoniel, Cedric, Mistral e Bartolion estão reunidos. Otoniel decide colocar Jacques para comandar a missão de buscas a Severo. Jacques e Fernão continuam lutando e Marion tenta separá-los sem sucesso. Arturo aparece e sem querer Jacques fere o irmão no braço. Marion se assusta e pede para Jacques ir embora.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 31 de março (Quarta)

 

Pietra está agitada diante de Severo e diz que só ela pode entrar no castelo para pegar a chave. Enrico explica a Lizabeta que Pietra é a mulher de quem tanto fala e que irá enfrentar o que for preciso para ficarem juntos. Mistral entra e vê Otoniel e Marion se beijando e se desculpa. Brione conversa com Gonzalo sobre seu pai que pode estar vivo. Joniel entra e a questiona. Carmona está toda suja e Nodier pede desculpas e diz que foi um acidente. Polentina e Fubaldo comentam sobre a ida da filha do conde Severo na casa de Joniel. Severo está com Pietra para ajudá-la a entrar no castelo e espera por Fernão. Quando Fernão chega, Severo bate bastante e acusa-o de ter se aproveitado de toda a situação enquanto esteve fugitivo. Pietra intercede. Enrico está nervoso, diante de Bartolion e Lizabeta e se questiona como fazer para contar à Pietra que é um príncipe. Severo tenta matar Fernão por traição e Pietra entra no meio. Severo implora misericórdia. Otoniel questiona Marion sobre o que disse a sua filha que a deixou furiosa e fez graves acusações. Marion, dissimulada, encara Otoniel e revela que Vitoriana disse que se tivesse uma menina a entregaria para não decepcioná-lo. Brione chora e Gonzalo pede que confie nele e os dois se beijam. Joniel está revoltado com Gonzalo e Tiana tenta acalmá-lo. Severo revela a Pietra e Biniek que conheceu o filho. Otoniel se desculpa com Carmona e os dois se abraçam, emocionados e choram. Fernão chega no castelo todo machucado, com o rosto ferido e cruza com Marion. Ela se assusta quando vê seu estado. Marion discute com Fernão. Jacques entra e diz que há pistas da presença de Severo vivo. Severo está bravo diante de Pietra. Severo diz a Pietra que precisa planejar sua entrada no castelo e que Cecric facilitará a entrada. Pietra diz que pegará a chave e Severo diz que não, que vai entrar com outro propósito. Severo coloca uma adaga no pescoço de Biniek. Severo diz que Pietra terá que matar o rei.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 30 de março (Terça)

 

Pietra está tensa diante de Jacques, que a impede de passar. Jacques pede a Pietra que o leve até Severo e ela disfarça. Enrico diz a Bartolion que sabia que conhecia Pietra de algum lugar. Gonzalo analisa o pergaminho com o desenho da caixa, diante de Fernão. Fernão paga Gonzalo e pede sigilo. Enrico vai à procura de Pietra e é orientado por Bartolion para que tome cuidado. Carmona diz a Cedric que foi até Valedo e Marion contou algo sobre seu passado que a deixou confusa. Severo está no furioso no quarto de Marion e diz a Leocádia que ele é tratado como morto. Ele revela que quer retomar seu posto de volta. Dulcinéa está exausta, mas limpa o chão com afinco. Acallon surge e tira o pano da mão dela e diz vai ajudá-la. Dumas visita Tamar que continua doente. Pietra vai até a casa de Bartolion e pede que a ajude em como abrir a caixa. Falstaff encara Accalon após ele limpar todo o chão com Dulcinéa. Leocádia conversa com Arturo e diz que seu pai está vivo. Severo sai de trás de uma cortina e os dois se abraçam. Severo pede ao filho que mantenha o segredo do encontro deles. Enrico e Otoniel estão diante de Jacques. Cedric também está presente. Otoniel diz a Jacques que fará uma reunião para decidir se Jacques continua à frente da guarda no período de busca por Severo e Jacques jura lealdade a Otoniel. Enrico encara Jacques. Carmona comemora com Nodier e diz que logo Jacques estará fora de Belaventura. Eles se distraem e a charrete cai em um lamaçal. Tácitus carrega Carmona nos ombros e ela esperneia. Marion pede proteção a Otoniel caso ele esteja vivo e que poderá se vingar dela e de Jacques. Marion abraça Otoniel e o beija. Bartolion diz a Enrico que encontrou com Pietra e ela quer vê-lo. Pietra diz a Severo que vai entrar no castelo de Belaventura.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 29 de março (Segunda)

 

Severo encara Pietra, que está firme diante dele. Severo diz à Pietra que ela está propondo uma aliança por causa de sua mãe e que, ela quer interrogar Cedric porque imagina que os dois tiveram algum contato no passado. Severo diz que Cedric sempre chamou sua mãe de bruxa. Marion está atordoada diante de Jacques, bastante surpresa com a revelação. Severo propõe à Pietra que procure por Bartolion e lhe pareça confusa, arrependida de ter fugido. Bartolion entra com Cedric imobilizado e Otoniel e Enrico se surpreende com o que veem. Corinto observa Solimara mexer um caldo. Corinto tenta provar o caldo, mas Solimara lhe dá uma colherada na mão. Lizabeta tenta conversar com Carmona, sem sucesso. Leocádia conversa com Jacques que está desapontado. Marion acusa Fernão de estar em conluio com Severo. Fernão disfarça. Pietra conta a Biniek que Severo quer que ela engane Bartolion para obter informações da caixa. Biniek diz à Pietra que os dois correm perigo e que serão descartados por Severo assim que ele descobrir informações da caixa. Biniek diz à Pietra que ela deve pedir proteção ao rei, e que Severo é procurado há anos. Pietra fica confusa. Jacques pede a Enrico que fale sobre as suspeitas de seu pai estar vivo. Otoniel lamenta a Bartolion que ele tenha sido levado à masmorra. Lizabeta pede a Enrico que interceda por Jacques e lembra que ele salvou sua vida. Nodier vai até o quarto de Carmona e diz que se Severo estiver vivo, Jacques será acusado de ter participado de uma conspiração. Jacques entra na sala do trono e encosta sua espada no chão e jura fidelidade ao rei, e diz que não sabia de nada sobre o paradeiro de seu pai. Fernão vai até a oficina de Joniel e procura por Gonzalo e pede uma encomenda para fazer uma caixa exatamente igual como a que está no desenho. Bartolion revela a Enrico o mistério que diferencia as quatro caixas lendárias. Enrico fica surpreso ao saber que a chave para a caixa de Pietra está no cordão que ele perdeu. Enrico descobre que Pietra é a mulher que sempre procurou. Bartolion diz que mais do que nunca Enrico precisa encontrá-la. Pietra caminha pela floresta até que se depara com Jacques. Pietra pede que a deixe passar e Jacques diz que só a deixa passar se ela contar onde está Severo.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 26 de março (Sexta)

 

Pietra está chocada diante de Cedric, que fica surpreso ao ver Severo. Fasltaff conta a Otoniel que Enrico já foi embora mesmo ferido e voltou para a floresta. Accalon e Enrico procuram pistas do cordão à beira do riacho. Tácitos caminha orgulhoso pela rua, ao lado de Daros e Gregor. Tácitus se sente animado em fazer parte da busca pelo príncipe. Cedric revela a Severo que sempre o apoiou e que não concorda com as atitudes de Otoniel. Pietra o encara com desconfiança. Bartolion na masmorra, parece atordoado por causa das lembranças. Bartolion vê algumas imagens entre as rachaduras da prisão e decifra o enigma da caixa. Cedric diz a Severo que Pietra pode ser uma ameaça para os planos deles. Carmona chora bastante ao lembrar de sua mãe. Tácitus se aproxima, assustado, respeitoso. Carmona disfarça o choro. Severo manda chamar Fernão e diz a ele que Cedric já sabe que ele está vivo. Otoniel e Mistral ficam pasmos diante de Enrico e Accalon que diz ter visto Severo na floresta. Jacques ouve tudo sem ser visto. Tiana diz a Gonzalo que eles nunca serão nobres e que deve pensar com cuidado se está disposto a enfrentar tudo pelo amor de Brione. Jacques está furioso diante de Marion e acusa a mãe de ter forjado tudo para que ele se aproximasse do castelo e se tornasse um cavaleiro. Jacques conta a sua mãe que ouviu Enrico dizer que seu pai está vivo. Mistral agradece Accalon por ter socorrido Enrico. Pietra propõe uma aliança a Severo.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 25 de março (Quinta)

 

Accalon está bastante surpreso diante de Enrico que ouve que Severo está vivo. Enrico geme de dor, leva as mãos à cabeça. Pietra ameaça Severo com o machado em seu pescoço. Severo diz à Pietra que a caixa é uma ameaça ao reino e que significaria ruína total. Pietra se assusta. Quixote comenta com Páris que está preocupado com a saúde de sua sobrinha. Tamar diz a Dumas que não pode fugir com ele e que está prometida a Enrico. Severo se desvencilha de Pietra. Severo conta toda a história que envolve a caixa e Pietra se espanta. Otoniel discute com Bartolion por ter escondido que Enrico ajudava Pietra. Cedric diz a Bartolion que ele não poderia ter mentido para o rei. Severo promete sempre contar a verdade para Pietra. Enrico é levado por Accalon até a taverna de Falstaff e é cuidado por Dulcinéa. Bartolion é preso na masmorra. Severo pede que Pietra o leve até Bartolion. Falstaff chega e reconhece Enrico e já faz reverência. Otoniel, Mistral e Nodier e alguns cavaleiros cavalgam apressadamente pelas ruas e algumas pessoas ficam deslumbradas com a presença do rei. Dumas tenta convencer Páris não casar sua sobrinha com Enrico por causa de seu estado de saúde ainda indefinido. Lizabeta revela a Elia que antes achava Jacques insuportável e ao mesmo tempo interessante. Carmona visita Marion no castelo de Valedo. Carmona diz à Marion que fará de tudo para afastar Jacques do castelo. Gonzalo visita Brione no castelo, a beija e a pede em casamento. Otoniel chega à vila e encontra Falstaff e diz que está à procura de Enrico. Cedric está revirando os pertences de Bartolion tentando achar algo sobre a caixa e é quando surge Severo e Pietra.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 24 de março (Quarta)

 

Pietra está apavorada diante de Severo. Biniek está machucado e abatido, incapaz de esboçar qualquer reação. Severo discute com Pietra e quer saber de onde sua mãe roubou a caixa. Pietra ouve o grito de Enrico. Enrico procura por Pietra e encontra alguns cavaleiros de Severo que estão armados. Jacques está radiante, agora como cavaleiro e Otoniel entrega uma espada para ele. Tamar, abatida, toma um chá sob olhares de Páris e Inesita. Pietra jura que não sabe de nada sobre a caixa. Severo acredita que Pietra não tem ideia de nada do que aconteceu no passado, se volta para Biniek e tira a espada para matá-lo. Severo ordena que os cavaleiros amarrem Pietra ao Biniek pois suspeita que ela seja perigosa. Enrico é amarrado pelos cavaleiros de Severo. Dumas visita Tamar junto com Merlino que foi trazido para cuidar de sua saúde. Dumas se declara para Tamar. Lizabeta elogia Jacques que diz que não faz mais que sua obrigação. Enrico está desacordado no chão, com mãos e pés amarrados. Ele desperta, se mexe um pouco, mas cai. Pietra cozinha algo para Severo comer e coloca algumas ervas soníferas. Páris comenta com Quixote que teme por Tamar estar enferma. Merlino prepara uma infusão para Tamar beber. Dumas pede que Tamar fuja com ele e aceite ser a dama de um humilde plebeu. Pietra entrega um caldo para Severo. Severo ordena que Biniek beba o caldo. Biniek bebe o caldo e depois começar a tossir e cuspir sangue. Pietra já corre até Severo e encosta o machado em seu pescoço. Accalon corre até a floresta e encontra Enrico, caído.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 23 de março (Terça)

 

Pietra fica cara a cara com Biniek. Ela está apavorada e tenta fugir. Biniek a segura pelo cabelo. Enrico discute com Otoniel e afirma que não irá se casar com Tamar. Brione revela à Laurinda que não consegue parar de pensar em Gonzalo. Laurinda lembra Brione que seu relacionamento com Gonzalo não é aceito por sua família. Carmona fica indignada com a recusa do casamento de Enrico com Tamar e exige explicação do irmão. Pietra luta com Biniek e usa os movimentos de defesa que Enrico lhe ensinou e consegue fugir. Polentina provoca Tácitus. Carmona reclama com seu pai que a postura de Enrico em não casar-se com Tamar é inaceitável. Carmona diz a Otoniel que ela está preparada para ser a sucessora no trono e Otoniel se surpreende. Dulcinéa ajuda Pietra a despistar Biniek. Gonzalo vai até a taverna de Fasltaff reclamar dos altos impostos. Marion está radiante diante de Leocádia sobre o convite para uma visita a Otoniel. Nodier fica furioso com Cedric que elegeu Jacques para ser chefe da guarda. Enrico vai para a floresta a procura de Pietra. Pietra adormece na floresta e quando acorda se surpreende ao ver Biniek na sua frente. Lizabeta entra no quarto de Enrico para avisar que a cerimônia já vai começar e percebe que o irmão não está ali. Jacques fica de joelhos diante de Otoniel que é nomeado cavaleiro. Na floresta, Severo está diante de Pietra após bater muito em Biniek. Pietra está apavorada e Severo tem a caixa nas mãos. Severo pergunta de onde ela conseguiu a caixa e Pietra responde que era de sua mãe. Severo ordena que o leve até sua mãe e Pietra diz que sua mãe está morta. Pietra recorda que Severo é o conde acusado de matar a rainha e diz a ele. Severo nega e diz que irá matá-la caso abra a boca.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 22 de março (Segunda)

 

Pietra observa Bartolion e Cedric discutindo, enquanto Enrico observa os condenados no cadafalso. Otoniel está em seu trono, visivelmente perturbado. Mistral está ao seu lado. O povo grita para os traidores. Enrico observa os criminosos. Solimara e Corinto conversam com Mistral a respeito da morte de Pelinor e suspeitam que ele era o traidor. Solimara acha em no quarto de Pelinor um baú e abre na frente de Mistral. Mistral retira um mapa do castelo. Carmona diz a Nodier que seu pai Otoniel proibiu todos de assistirem as execuções. Nodier beija Carmona que dá um tapa em seu rosto. Elia consola Mistral que está intrigado com a morte de Pelinor. Mistral diz que precisa saber quem é o cavaleiro azul e a quem ele serve. Na floresta, a roupa do cavaleiro azul é queimada por Severo, diante do olhar de Fernão. Severo dá outro serviço a Fernão e quer que ele descubra quem é o homem com quem Brione tem se encontrado. Páris conversa com Otoniel e cobra o cumprimento do combinado casando Tamar com Enrico. Otoniel fica surpreso diante de Páris. Cedric autoriza a execução. Enrico discute com Otoniel pela carnificina. Enrico diz a seu pai que quer ir morar em outro castelo. Otoniel diz que Enrico pode morar onde quiser, desde que seja casado. Enrico diz que vai embora imediatamente e Otoniel diz que seu casamento com Tamar será em dois dias. Tamar fica espantada com Páris sobre seu casamento. Nodier provoca Jacques que está de avental e pendurando tripas. Nodier ameaça Jacques e pede que desista de permanecer no castelo e que jamais será admitido na tropa do rei. Marion diz a Cedric que está preocupada com o tratamento que Jacques está recebendo no castelo e propõe aliança. Enrico encara Otoniel e Mistral observa, atento. Bartolion chega e não encontra Pietra em casa. Pietra caminha apressadamente, com a caixa nas mãos, em instantes ela se depara com Biniek.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 19 de março (Sexta)

 

Pietra sorri para Enrico, ambos muito envolvidos. Otoniel conversa com Bartolion e diz que Enrico está fugindo de uma conversa, e que está protegendo uma moça suspeita. Otoniel está preocupado com a caixa que ela carregava. Nodier ameaça Tácitus, Gregor e Daros que estão na masmorra. Jacques está limpando a área do cavalos e Carmona o provoca. Jacques sem querer, dá um banho de água suja em Carmona que fica furiosa. Brione encontra com Gonzalo na oficina e diz que não é mais prisioneira no castelo. Joniel chega e se surpreende ao ver Brione e Gonzalo juntos. Biniek vai até a casa de Bartolion procurar por Pietra. Enrico esconde Pietra e a caixa. Biniek está diante de Enrico. Otoniel diz a Bartolion que confia em Cedric para conduzir a punição aos invasores. Marion está radiante e feliz diante de Arturo e revela que o primeiro passo em direção ao trono já foi dado. Matriona está bastante nervosa diante de Quixote que lamenta que o filho Tácitus esteja preso na masmorra. Biniek vai embora e Pietra sai do esconderijo e abraça Enrico. Gonzalo e Brione se beijam e são observados por Severo. Enrico discute com Otoniel que pretende punir os conspiradores diante do povo. Fernão, vestido como cavaleiro azul, encontra o responsável por facilitar a entrada dos invasores e lhe dá um saquinho com moedas de prata, ele diz que jamais poderá ser revelado o que aconteceu no castelo. Corinto e Solimara se espantam com o corpo de um homem assassinado por Fernão.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 18 de março (Quinta)

 

Pietra está bastante nervosa diante de Enrico e Bartolion. Pietra pede que eles se afastem ou ela ameaça queimar tudo com a tocha que tem nas mãos. Pietra encara Enrico. Biniek foge de Nodier. Corinto comenta com Solimara enquanto bebe água com as mãos trêmulas, que pensou que iria morrer. Cedric e Mistral estão diante do rei Otoniel, que parece tenso. Otoniel ordena que os homens que invadiram o castelo morram diante do povo. Marion e Jacques chegam ao castelo. Severo pede para os homens que guardem as espadas e tudo que retiraram dos cavaleiros de Belaventura que foram derrotados. Otoniel está diante de Marion e Jacques e Mistral estão presentes. Otoniel libera a família de Jacques do exílio no castelo de Valedo diante do livramento que salvou o príncipe, e permite que circule livremente no reino de Belaventura. Otoniel nomeia Jacques cavaleiro real. Marion agradece Otoniel por tudo que fez por eles. Marion se insinua para Otoniel. Marion diz a Otoniel que eles se casassem, manteriam a união do reino. Otoniel rejeita. Cedric dá um balde com esfregão para Jacques e diz que ele já pode começar sua função limpando as cocheiras. Pietra pede desculpas a Enrico e os dois se olham envolvidos. Enrico pega as mãos de Pietra e faz uma proposta de esquecer o passado e viver uma nova história juntos. Pietra e Enrico se beijam.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 17 de março (Quarta)

 

Pietra diz a Enrico que já tem a caixa e precisa ir embora. Enrico diz à Pietra que ela ainda corre perigo no castelo e que precisa se esconder. Pietra não consegue pegar a caixa em cima da mesa. Severo encontra com Fernão e pergunta o que queria com a invasão mal sucedida ao castelo. Fernão responde que apenas cumpriu ordens. Pietra sai do esconderijo e pega a caixa que Otoniel pede para guardar. Pietra foge e Otoniel grita pelos guardas. Otoniel pede que Enrico se explique. Bartolion ajuda Pietra. Lizabeta pergunta porque Enrico protegia Pietra. Bartolion carrega Pietra escondida em cima da carroça e chega a vila. Tamar desapontada com o baile, diz a Páris que não quer mais se casar com Enrico. Brione está feliz e abraça Laurinda, que está exausta. Brione agradece Laurinda por ter se arriscado em buscar informações de Gonzalo. Otoniel está intrigado com a caixa e com Pietra e comenta com Mistral que ninguém pode saber sobre o ocorrido. Cedric está à porta e ouve tudo. Cedric visita Corinto na masmorra que se ajoelha e pede misericórdia pois não sabe de nada. Pietra dorme no casebre de Bartolion. Bartolion encontra um papiro no fundo do baú e tenta identificar o desenho de quatro caixas como a de Pietra. Brione parabeniza Jacques por salvar a família do rei. Enrico chega ao local onde encontrou Pietra pela primeira vez. Bartolion aparece e pergunta o que procura. Bartolion revela a Enrico que Pietra está sob seus cuidados. Biniek procura por Pietra na taverna de Falstaff. Enrico entra na casa com Bartolion e Pietra se apavora.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 16 de março (Terça)

 

Enrico reconhece Pietra que está assustada. Pietra quer deixar o castelo mas antes precisa pegar sua caixa que ficou na cozinha. Enrico diz que o castelo está fechado e que vai ajudá-la. Severo vence os cavaleiros da tropa de Belaventura. Quixote se detém ao ver Tácitus se dirigir, disfarçadamente ao homem que faz Carmona de refém, sem ser visto. Otoniel continua diante de todos e pede aos homens que se rendam. Nos fundos do palácio Daros e Gregor roubam alimentos do depósito. Laurinda vai até Gonzalo dizer que Marion proibiu Brione de vê-lo. Otoniel permite que os homens fujam. Tácitus aproveita o descuido e vai para cima dos homens. Enrico salva Otoniel. Um homem chega por trás de Enrico com uma espada. Jacques chega por trás dele e o mata, salvando Enrico. Daros é surpreendido por uma armadilha e fica de ponta a cabeça. Otoniel agradece Jacques pela bravura. Enrico se encontra com Pietra que deseja ir embora. Accalon encontra Daros e Gregor no depósito e pergunta se são saqueadores. Accalon ajuda eles a fugirem, mas Inesita chega e grita para prendê-los. Enrico se emociona com história de vida de Pietra. A caixa de Pietra está sobre a mesa. Otoniel entra no local, seguido por Bartolion. Cedric tortura um homem na masmorra para que confesse quem autorizou sua entrada no castelo. O homem grita de dor e confessa ter sido um cavaleiro vestido todo de azul. Accalon, Daros e Gregor caminham pela trilha. Lizabeta entra no quarto de Enrico e Pietra se apavora e consegue escapar sem ser vista. Enrico a encontra no corredor e a leva para outro lugar. Pietra vê a caixa e se emociona. Pietra agradece a Enrico e os dois acabam se beijando.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 15 de março (Segunda)

 

Enrico se junta a suas irmãs Carmona e Lizabeta e diz que Enrico está deslumbrante. Enrico se desculpa com Paris por não ter comparecido no encontro com Tamar. Tamar faz reverência e Enrico beija a mão dela. Na fronteira do reino, Severo se oferece aos cavaleiros para seguir com eles. Severo é reconhecido como o conde de Valedo que está foragido e é cercado. Marion e Fernão se beijam na cama, calorosamente. Brione diz à Laurinda que vai se casar com Gonzalo e que sua mãe não a entende. Gonzalo também confessa à Tiana que não desistirá de seu amor. Nodier se aproxima de Carmona com Cedric e beija sua mão. Tácitus está por ali e olha para Carmona de cima para baixo, ela percebe. Enrico diz a Mistral que está intrigado com a presença de Jacques no castelo. Mistral diz que é um voto de confiança do rei. Severo tenta convencer os cavaleiros a se juntarem a ele para tomar Belaventura, porém os cavaleiros dizem que foram contratados por outra pessoa para fazer o mesmo e Severo se surpreende. Enrico está desconfiado que algo de estranho ronda o castelo e que Mistral e Bartolion escondem o que está para acontecer. Solimara está nervosa porque todas as facas sumiram da cozinha. Os bufões chegam com Pietra vestida num bonito traje e nas mãos a caixa da mãe. Enrico não fica à vontade enquanto dança com Tamar. Todos estão dançando no salão do castelo quando Pietra entra e fica completamente extasiada. Ela não vê rosto de Enrico. Na fronteira do reino Severo luta contra os cavaleiros de Belaventura. Enrico discute com Otoniel. A apresentação dos bufões acaba e Lizabeta pede para que Pietra fique. Jacques grita para que ninguém saia do castelo e todos se assustam. Jacques lança um punhal no homem que estava próximo de Carmona. O homem mesmo ferido transforma Carmona em refém. Após discutir com o pai, Enrico deixa o local usando apenas calça e uma camisa simples. Enrico é encapuzado. Otoniel chega e salva Enrico que pretende recuperar a espada e salvar suas irmãs. Otoniel diz a Enrico para voltar para o quarto e se proteger. Carmona está apavorada com o punhal no pescoço. Otoniel se oferece no lugar da filha e todos se espantam. Pietra aproveita e corre dali. No meio do salão outros homens tiram suas facas das roupas e fazem mais reféns. Otoniel é cercado. Pietra se esconde quando é surpreendida por um homem com uma espada e ela pede que não a machuque. É quando ela reconhece que é Enrico, no espanto dos dois.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 12 de março (Sexta)

 

Enrico se junta a suas irmãs Carmona e Lizabeta e diz que Enrico está deslumbrante. Enrico se desculpa com Paris por não ter comparecido no encontro com Tamar. Tamar faz reverência e Enrico beija a mão dela. Na fronteira do reino, Severo se oferece aos cavaleiros para seguir com eles. Severo é reconhecido como o conde de Valedo que está foragido e é cercado. Marion e Fernão se beijam na cama, calorosamente. Brione diz à Laurinda que vai se casar com Gonzalo e que sua mãe não a entende. Gonzalo também confessa à Tiana que não desistirá de seu amor. Nodier se aproxima de Carmona com Cedric e beija sua mão. Tácitus está por ali e olha para Carmona de cima para baixo, ela percebe. Enrico diz a Mistral que está intrigado com a presença de Jacques no castelo. Mistral diz que é um voto de confiança do rei. Severo tenta convencer os cavaleiros a se juntarem a ele para tomar Belaventura, porém os cavaleiros dizem que foram contratados por outra pessoa para fazer o mesmo e Severo se surpreende. Enrico está desconfiado que algo de estranho ronda o castelo e que Mistral e Bartolion escondem o que está para acontecer. Solimara está nervosa porque todas as facas sumiram da cozinha. Os bufões chegam com Pietra vestida num bonito traje e nas mãos a caixa da mãe. Enrico não fica à vontade enquanto dança com Tamar. Todos estão dançando no salão do castelo quando Pietra entra e fica completamente extasiada. Ela não vê rosto de Enrico. Na fronteira do reino Severo luta contra os cavaleiros de Belaventura. Enrico discute com Otoniel. A apresentação dos bufões acaba e Lizabeta pede para que Pietra fique. Jacques grita para que ninguém saia do castelo e todos se assustam. Jacques lança um punhal no homem que estava próximo de Carmona. O homem mesmo ferido transforma Carmona em refém. Após discutir com o pai, Enrico deixa o local usando apenas calça e uma camisa simples. Enrico é encapuzado. Otoniel chega e salva Enrico que pretende recuperar a espada e salvar suas irmãs. Otoniel diz a Enrico para voltar para o quarto e se proteger. Carmona está apavorada com o punhal no pescoço. Otoniel se oferece no lugar da filha e todos se espantam. Pietra aproveita e corre dali. No meio do salão outros homens tiram suas facas das roupas e fazem mais reféns. Otoniel é cercado. Pietra se esconde quando é surpreendida por um homem com uma espada e ela pede que não a machuque. É quando ela reconhece que é Enrico, no espanto dos dois.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 11 de março (Quinta)

 

Pietra segura uma barra de ferro diante de Biniek, que tem a caixa com os pertences de Lucy nas mãos. Pietra pede a Biniek que devolva a caixa. Enrico, Lizabeta e Carmona muitos nervosos, tentam amparar Otoniel que está desmaiado. Otoniel desperta e percebe os olhares de preocupação. Cedric encara Bartolion, com raiva. Mistral observa, satisfeito. Jacques furioso com a espada encostada em Gonzalo. Brione pede para eles pararem. Gonzalo ameaçado diz que quer tomar Brione por esposa. Brione reage, surpresa. Gonzalo dá um beijo em Brione e logo vai embora, deixando Jacques no chão, furioso. Accalon chega a estalagem e quer se hospedar por lá. Quixote e Matriona aceitam e lhe dão uma chave para guardar suas coisas no baú. Cedric pede a Nodier, seu sobrinho que seduza Carmona para que fique mais perto do rei. Brione conta à Marion que está apaixonada por Gonzalo e conta como se conheceram. Alguns convidados já estão no salão do castelo de Belaventura. Elia comenta com Mistral que o rei não participará da festa. Elia conta sobre a suspeita de invasão do castelo. Cedric orienta os cavaleiros para ficarem atentos a qualquer movimentação estranha. Jacque afronta Cedric ao dizer que pelos fundos do castelo qualquer um poderia entrar. Jacque diz que ele será o homem que ganhará a confiança do rei e se tornará o comandante da guarda. Biniek oferece Pietra para alguns homens. Pietra consegue fugir e levar consigo a caixa. Pietra corre pela mata e encontra dois bufões e pede para a tirarem dali. Eles aceitam e pedem que ela os ajude em troca. Os arautos tocam as trombetas anunciando a entrada da família real. Corinto se coloca num ponto de destaque do salão. Enrico adentra o salão vestindo um traje festivo e chama a atenção de todos. Ele usa o colar de Pietra.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 10 de março (Quarta)

 

Enrico está surpreso diante de Pietra, que fica um tanto confusa. Accalon aparece e quer levar Pietra com ele, mas Enrico impede. Jacques analisa um mapa do reino de Belaventura, diante de Otoniel, Cedric e Mistral. Jacques tenta provar que o mapa é de inimigos que querem invadir o reino. Na floresta, Severo está furioso diante de uma preocupada Leocádia que pede que ele esqueça a vingança contra Otoniel. Severo está bastante nervoso com Marion e pede que ela admita que envenenou Vitoriana. Vitoriana nega e eles discutem. Otoniel chega e manda prender Severo e Marion. Enrico luta com Accalon e Pietra se assusta. Enrico consegue fugir com Pietra. Tiana conversa com Joniel e não consegue disfarçar o abalo de ter tido seu filho roubado, mesmo depois de tantos anos. Gonzalo chega na taverna de Falstaff. Tácitus está jogando quando chega sua mãe Matriona e dá uma panelada nele e o manda para casa. Polentina se oferece para ajudar e Matriona responde com grosseria. Otoniel desconfia de Jacques e comenta com Cedric que ele não é confiável. Otoniel observa Vitoriana sendo cuidada por Merlino. Vitoriana não resiste e morre. Carmona e Lizabeta se vestem com trajes de festas. Pietra entra em casa, suja e cansada. Jacques entra no Castelo Valedo, observa a espada de Severo e fala para si mesmo que devolverá a honra à sua família. Gonzalo entra no castelo e encontra com Brione por quem é apaixonado e os dois se beijam. Enrico observa uma bela vestimenta feita para ele, mas recusa usar. Carmona diz que foi um pedido especial do pai. Otoniel entra e os dois se encaram. Enrico discute com Otoniel. Otoniel abre os braços para um abraço e Enrico recusa. Enrico se aproxima devagar e abraça o pai. Otoniel desmaia nos braços de Enrico.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 09 de março (Terça)

 

Severo entra na arena, também pomposamente vestido, com sua armadura. Fernão com ele, como escudeiro. Na vila, Bartolion avista alguns cavaleiros de Severo e estranha. Otoniel e Severo estão prontos para o combate. Severo acerta em cheio o pescoço de Otoniel que cai do cavalo. Eles se enfrentam novamente e os dois caem ao chão. Corinto não sabe o que anunciar. Severo se levanta e é aclamado pelo público. Otoniel se levanta com dificuldade e é aplaudido pelo Mestre da Ordem. Pietra foge e ao longe vê sua mãe Lucy sendo levada por Cedric. Vitoriana passa mal e desmaia. Numa passagem de tempo, Enrico já adulto, está diante do túmulo de sua mãe. Severo está foragido numa floresta. Paris leva sua sobrinha Tamar até Otoniel no castelo. Otoniel pede a Mistral que chame Enrico para conhecer sua futura noiva. Pietra está na floresta recolhendo lenha. Accalon chega e a surpreende. Próximo dali, Enrico é aconselhado por Bartolion a voltar para o castelo e assumir seu lugar. Pietra é levada em cima da carroça em movimento e pede por socorro. Enrico surge e grita para libertar Pietra. Pietra golpeia o homem com a carroça em movimento. Pietra cai no chão e fica desacordada. Enrico se aproxima e tenta acordá-la. Enrico se surpreende com a beleza de Pietra.


Ver mais detalhes


Belaventura: Capítulo de 08 de março (Segunda)

 

Enrico está sobre um pedestal, envolto por alguns servos, que ajustam um traje de festa para ele. A duquesa Vitoriana, sua mãe o observa, ao lado de Carmona, sua irmã. No campo, Pietra sorri ao notar uma borboleta pousar em sua mão. Corinto dá boas vindas ao reino de Belaventura e diz que depois de várias guerras, será o dia de conhecer o rei. Pietra pede à sua mãe Lucy para ver o festejo, mas ela não permite. O Mestre e Cedric chegam ao castelo Valedo e são recebidos por Marion e o Conde Severo. Fernão entrega a Severo uma grande lança de madeira. Fernão retira da algibeira uma ponta de ferro e orienta onde Severo deve atingir o duque Otoniel durante a competição. Severo trama com Fernão uma forma de ninguém perceber a fraude da ponta da lança. Pietra chega com sua mãe Lucy na arena. Corinto apresenta Otoniel para o público que vibra na arena. Mistral conduz o cavalo com o jovem Enrico para dentro da arena. Pietra fica encantada ao ver Enrico. Ela corre na arena e Enrico corre em sua direção para não ser pisoteada por algum cavaleiro. Pietra como retribuição, entrega a Enrico um cordão de pedra que usa.


Ver mais detalhes